Leia também:
X Mourão se nega a comentar atos do presidente Jair Bolsonaro

Empresária é morta a pedradas dentro de funerária no DF

Polícia aponta como principal suspeito o namorado da vítima

Thamirys Andrade - 24/05/2021 10h26 | atualizado em 24/05/2021 11h18

Feminicídio: mulher é morta a pedradas no Paranoá, no DF
Karla Pucci morava no Itapoã (DF) Foto: Reprodução

A empresária Karla Pucci foi assassinada a pedradas neste sábado (22) dentro da funerária da qual era proprietária, na Quadra 9 do Paranoá, no Distrito Federal. A polícia investiga o caso como feminicídio e tem como principal suspeito o namorado da vítima, Valdemar Medeiros Sobreira, de 46 anos.

Karla Pucci e Valdemar Medeiros namoravam há seis meses e moravam juntos no condomínio Sobradinho dos Melos, em Itapoã. O suspeito ainda não foi localizado pela polícia.

O delegado-chefe da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), Ricardo Viana, afirmou que não há ocorrências de agressão envolvendo o casal: “Nenhum histórico de brigas”.

O corpo de Karla foi encontrado pelo filho da vítima, que acionou as autoridades na tarde deste domingo (23).

Leia também1 Afundamento do solo em Maceió provoca êxodo de 55 mil pessoas
2 Suspeita de planejar massacre em escola no DF é internada
3 SP: Parques e instituição cultural ganharão nome de Bruno Covas
4 Vídeo: Homem morre em salto de base jump no Rio de Janeiro
5 STJ mantém investigação contra padre Robson suspensa

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.