CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Médica que tratou Bolsonaro após facada tem Covid-19

Em SP, polícia fecha fábrica clandestina de álcool em gel

Em residência da Zona Norte foram encontrados 375 frascos com o produto falsificado

Pleno.News - 02/04/2020 15h58 | atualizado em 02/04/2020 16h00

Polícia encontrou casa que fabricava álcool em gel falsificado na Zona Norte de SP Foto: Divulgação/Polícia Civil

A polícia fechou uma fábrica clandestina de álcool em gel falsificado que funcionava em uma casa no Jaraguá, na zona norte de São Paulo, na tarde de quarta-feira (1º).

No local foram apreendidos 375 frascos com álcool em gel, além de produtos para fabricação do material ilegal. Um homem foi preso em flagrante.

Segundo o delegado titular da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Osasco, na Grande São Paulo, Igor Alves Guedes de Oliveira, policiais receberam informação de imóvel que serviria como fábrica para álcool em gel falsificado na cidade.

Chegando ao local, os investigadores encontraram apenas uma caixa com 25 frascos, de 500 mililitros cada, de álcool em gel. O dono da casa, segundo a polícia, disse que comprou o material para a família fazer uso em razão da pandemia de coronavírus.

– Depois, ele nos indicou o endereço da pessoa que havia vendido o produto para ele, na zona norte de São Paulo – contou o delegado.

Os policiais foram ao endereço indicado e encontraram uma casa que servia como fábrica de álcool em gel falsificado. Além dos 375 frascos com o produto, a polícia apreendeu 11 galões, de 50 litros cada, com material usado na fabricação do gel ilegal. Na residência ainda havia embalagens de xampu, que também era falsificado no local.

Um homem de 33 anos que estava na casa foi preso em flagrante e levado à Dise de Osasco, onde teria confessado a falsificação, segundo a polícia. Ele já havia sido indiciado anteriormente pelo crime de falsificação.

*Folhapress

Leia também1 Prefeitura assusta moradores com 'recado' em cemitério
2 "Estão querendo enganar o povo brasileiro", diz Malafaia
3 Justiça concede liberdade a ex-prefeito acusado de estupro

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo