Leia também:
X Campeã brasileira de muay thai morre vítima de infarto em SC

Em protesto, pecuaristas fazem churrasco em agências do Bradesco

Sindicatos rurais organizaram a "Segunda com Carne" em protesto a um vídeo publicado pelo banco

Henrique Gimenes - 03/01/2022 14h26 | atualizado em 03/01/2022 15h25

Pecuaristas promoveram protestos contra o Bradesco Foto: Reprodução/Print de vídeo publicado nas redes sociais

Nesta segunda-feira (3), pecuaristas “irritados” com o Bradesco decidiram realizar um protesto contra o banco. Eles promoveram churrascos nas agências da instituição bancária em pelo menos cinco estados.

O protesto ocorre após o Bradesco divulgar um vídeo publicitário em favor do “carbono neutro”. A peça trazia três influenciadoras digitais dando dicas para contribuir com o meio ambiente, incluindo a redução do consumo de carne.

– A primeira [dica] é reduzir o nosso consumo de carne e aderir à “segunda sem carne”. A criação de gado contribui pra emissão dos gases do efeito estufa. Então, que tal se a gente reduzir o nosso consumo de carne e escolher um prato vegetariano na segunda-feira? – diz uma das influenciadoras no vídeo.

O vídeo acabou sendo removido do ar no dia 23 de dezembro após críticas de pecuaristas que são clientes do banco, assim como de parlamentares e políticos.

O protesto foi chamado de “Segunda com Carne” e organizado por sindicatos rurais em agências do banco localizadas em Ribeirão Preto (SP), Araçatuba (SP), Birigui (SP), Cuiabá (MT), Rondonópolis (MT), Araguaína (TO), Água Boa (MT), Canarana (MT), Barra do Garça (MT), Goiânia (GO) e Xinguara (PA).

Leia também1 Covid: 36 mil militares da FAB e do Exército não se vacinaram
2 Web critica Amanda Klein por comentário sobre Bolsonaro
3 Médico de Bolsonaro voltará a SP em voo fretado pelo hospital
4 Vacina infantil será distribuída na 2ª quinzena de janeiro
5 Zé de Abreu ataca Bolsonaro: 'Prazer ao saber que passa mal'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.