Leia também:
X Sergio Moro começa em novo trabalho em Brasília

Doria não tomará cloroquina pois não “segue Bolsonaro”

Governador de São Paulo afirmou que médicos não recomendaram o uso do medicamento

Pleno.News - 12/08/2020 21h22 | atualizado em 12/08/2020 22h03

João Doria, governador do estado de São Paulo Foto: Bruno Escolástico/Photo Press/Folhapress

Após revelar que está com Covid-19, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que não irá utilizar cloroquina no tratamento com a doença. A declaração foi dada durante uma entrevista à CNN Brasil.

Doria fez a revelação de que estava com a doença por meio de um vídeo publicado em suas redes sociais. Ele disse que está bem, sem sintomas e que seguirá “trabalhando de casa”. Sobre o uso de cloroquina para tratar a Covid-19, o governador disse que não irá usar o medicamento “de jeito nenhum”.

– De jeito nenhum. Só tomo aquilo que os médicos recomendaram, não o que o presidente Bolsonaro recomenda. E os médicos não me recomendam cloroquina. Aliás, o Dr. David Uip não me prescreveu nenhum medicamento, apenas o isolamento – explicou.

De acordo com Doria, os médicos não receitaram o medicamento a ele.

– Não houve recomendação [de cloroquina] e nem haveria recomendação para isso, embora eu respeite, porque é um medicamento que apenas médicos devem recomendar e com a concordância do paciente. Mas aqui não houve espaço e nem necessidade – destacou.

Já em entrevista à TV Band, o governador afirmou que sempre foi cuidadoso, mas que o vírus é imprevisível.

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.