Leia também:
X 7 de setembro: Bolsonaro avisa que estará no DF e na Paulista

Doria descarta medidas para controlar a Polícia Militar de SP

Tucano minimizou as declarações do coronel Aleksander Lacerda

Monique Mello - 24/08/2021 18h10

João Doria diz que caso do coronel Lacerda foi isolado Foto: Governo do Estado de São Paulo

Durante participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, na segunda-feira (23), o governador de São Paulo, João Doria, minimizou as declarações do coronel da Polícia Militar Aleksander Lacerda e disse que a manifestação do comandante é um “fato pontual” da corporação em São Paulo.

– O coronel teve comportamento inadequado, rompeu com a disciplina e foi afastado – disse Doria.

O governador descartou medidas para ampliar o controle sobre a Polícia Militar do estado e classificou o caso de Lacerda como uma exceção.

– Não é preciso haver um censor para proibir ou determinar mudanças na Polícia Militar Ela cumpre bem o seu papel e uma exceção não justifica mudança da regra – disse o tucano, que sugeriu que “milícias bolsonaristas estão agindo com força redobrada” para as manifestações no dia 7 de setembro.

O tucano afirma que a Polícia Militar identificou “movimentos intensos” da rede de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro.

 

Leia também1 Coronel enfrenta Doria e publica convocação para 7 de setembro
2 Ficou irritadinho, não tem moral com a tropa, diz Eduardo a Doria
3 Associação diz que PMs seguirão Exército caso ocorra "ruptura"
4 Zambelli detona "DitaDoria" por afastar coronel da PM
5 Mourão sobre coronel afastado: 'Sujeito ao regulamento' da PM

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.