Leia também:
X Pastor Silas Malafaia defende Ministério Apascentar

Dois morrem após vacina da febre amarela em São Paulo

Secretaria Municipal de Saúde diz que vítimas estavam com imunidade baixa. Um dos casos é uma idosa de 76 anos

Henrique Gimenes - 19/01/2018 15h47 | atualizado em 19/01/2018 22h54

Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo confirma duas mortes após vacina contra febre amarela Foto: Agência Brasília/André Borges

A Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo informou, nesta sexta-feira (19), que duas pessoas morreram após sofrerem uma reação à vacina contra a febre amarela. Segundo o órgão, o motivo teria sido a baixa imunidade, não detectada durante a triagem da vacinação.

No total, foram seis casos de mortes que estariam relacionados com uma reação à vacina. A Secretaria informou que um dos casos foi descartado e que outros três estão sendo investigados.

Uma das mortes foi a de uma idosa de 76 anos, que morava em Ibiúna, no interior do estado. Ela teria tomado a vacina no dia 8 e se sentido mal no dia seguinte. A morte dela aconteceu no dia 16. A outra vítima ainda não teve a identidade confirmada.

Os estados de São Paulo e Rio de Janeiro anteciparam o início da campanha de vacinação contra a doença para a próxima quinta-feira (25). Devem tomar a vacina fracionada todos os que tiverem idade entre 2 e 59 anos.

Mulheres em fase de amamentação e bebês com mais de 6 meses também podem, assim como idosos, desde que tenham recomendação médica.

No entanto, alguns grupos não podem tomar a vacina. Confira aqui.

Leia também1 Rio antecipa campanha de vacinação da febre amarela
2 Febre amarela: Veja o que fazer se você for sair do país

Siga-nos nas nossas redes!
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.