Leia também:
X Vereador recebe ataques por ser contrário à ideologia de gênero

Dois militares morrem durante detonação de explosivos no RS

Eles acompanhavam a explosão dos artefatos apreendidos em operação da Polícia Civil

Thamirys Andrade - 09/07/2021 14h06 | atualizado em 09/07/2021 15h57

Um funcionário da empresa onde ocorria a detonação também foi morto no acidente Foto: Divulgação | Polícia Civil

Três pessoas morreram e cinco ficaram feridas na quinta-feira (8), após a detonação de explosivos em uma pedreira de Guaporé, no Rio Grande do Sul. Entre as vítimas fatais, duas eram militares do Exército brasileiro. Eles acompanhavam a detonação de explosivos apreendidos de uma empresa de terraplanagem, alvo de uma operação policial na parte da manhã.

– As primeiras informações dão conta [de] que ocorreu uma primeira detonação, e [de que], durante a verificação do material, houve outra explosão, que resultou nessa tragédia. As vítimas são dois militares do Exército e um funcionário da empresa. Os feridos foram levadas ao hospital de Guaporé – informou o delegado Tiago Lopes de Albuquerque ao portal GZH.

As autoridades identificaram as vítimas como Roberto Czremeta, 1° sargento do 3° Regimento de Cavalaria de Guarda; Diego Piedade de Souza, 3° sargento do 3° Batalhão de Comunicações (ambos do Exército); e Irineu Ghiggi, funcionário da empresa Britagem Mig Britas (onde a explosão ocorreu, mas que não tem ligação com as investigações da polícia).

OPERAÇÃO
Após apuração de seis meses, a Polícia Civil confirmou que uma empresa do ramo de terraplanagem adquiria uma quantidade excessiva de explosivos, não prestava conta sobre as novas detonações e usava os artefatos de forma irregular.

A operação apreendeu 700 kg de explosivos na parte da manhã e, para realizar a detonação, encaminhou-os para uma pedreira, onde ocorreu o acidente.

O Exército divulgou uma nota lamentando a morte dos militares.

– O Comando Militar do Sul (CMS) lamenta informar que, na tarde de hoje, durante uma operação destinada à destruição de explosivos apreendidos, ocorreu um acidente, em uma pedreira situada no município de Guaporé (RS), que resultou no falecimento de dois militares do Exército brasileiro. Os militares integravam uma equipe do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 3ª Região Militar, que atuava em apoio à Polícia Civil. Um Inquérito Policial Militar foi instaurado visando esclarecer o ocorrido.

Leia também1 Defesa Civil interdita casas após avanço da areia de dunas, em SC
2 SP estuda reduzir intervalo de doses da AstraZeneca e Pfizer
3 Justiça decide que donos de festa ilegal trabalharão em cemitério
4 Mulher salva por policial relata tensão de ser feita refém
5 Polícia Federal apreende burro com 300 quilos de maconha

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.