Leia também:
X Moraes pede à PGR manifestação sobre prisão de Danilo Gentili

Dívida é paga e Justiça revoga quebra de sigilo de Valdemiro

Justiça queria apurar se o patrimônio da Igreja Mundial do Poder de Deus confundia-se com o de seu fundador

Pleno.News - 05/03/2021 16h33 | atualizado em 05/03/2021 17h14

Pastor Valdemiro Santiago Foto: Reprodução

A Justiça de São Paulo extinguiu um processo que quebrava o sigilo bancária do pastor Valdemiro Santiago após a Igreja Mundial pagar às pressas uma dívida de R$ 53.650 em aluguéis. O processo havia sido aberto pelo proprietário de um imóvel na cidade de Guararema (SP).

O sigilo bancário de Valdemiro foi quebrado pela juíza Monica Di Stasi, da 3ª Vara Cível de São Paulo, em uma investigação que apura se o patrimônio da Igreja Mundial do Poder de Deus confunde-se com o de seu fundador.

No processo, o proprietário do imóvel alugado defendia que Valdemiro arcasse com o valor da dívida. Ele, no entanto, alegava que o débito é da entidade, e não poderia ser responsabilizado.

– Valdemiro Santiago não faz parte do contrato social da igreja nem assinou o contrato de locação como fiador – afirmaram os advogados de defesa.

No entanto, a igreja acabou pagando a dívida, o que levou a juíza a extinguir o processo.

“Diante da notícia do pagamento da dívida nos autos da ação principal, e a perda superveniente do objeto deste incidente, arquivem-se os autos”, afirmou a magistrada.

Leia também1 Troféu Gerando Salvação é adiado devido ao coronavírus
2 Justiça quebra o sigilo bancário do pastor Valdemiro Santiago
3 Juiz manda governo esclarecer 'feijões mágicos' contra Covid-19
4 Moraes pede à PGR manifestação sobre prisão de Danilo Gentili
5 Em evento, Barroso e Huck alinham discurso anti-Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.