CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Eduardo Bolsonaro sobre Cid Gomes: ‘Atitude insensata’

Diretora é morta a facadas dentro de escola pública

Polícia acredita em feminicídio

Gabriela Doria - 19/02/2020 20h41

Funcionários limpam sangue da vítima Foto: Reprodução

A diretora de uma escola estadual de Florianópolis, em Santa Catarina, foi morta a golpes de faca dentro do colégio onde trabalhava, na tarde desta quarta-feira (19). A vítima tinha 49 anos e não teve a identidade revelada.

O autor do crime foi preso em flagrante no local. Segundo a Polícia Militar, tudo indica que o crime se trata de feminicídio.

Informações iniciais afirmam que o autor do crime chegou à escola por volta das 17h30. Ele rendeu a diretora e a obrigou a se trancar no banheiro com ele. Um homem que estava no local tentou defender a vítima, mas ela foi atingida com duas facadas na lateral do pescoço. O homem que tentou ajudar também ficou ferido.

De acordo com os bombeiros, a funcionária sofreu uma parada cardiorrespiratória e chegou a ser atendida por uma enfermeira que estava no local. Foram realizadas manobras de ressuscitação, mas a vítima não respondeu.

O agressor sofreu ferimentos no abdômen e apresentava hematomas condizentes com luta corporal. Ele foi atendido por médicos do Samu, preso e encaminhado a um hospital.

A vítima já havia feito boletins de ocorrência contra o agressor, mas a PM não divulgou mais detalhes.

A Delegacia de Homicídios da capital está investigando o caso.

Leia também1 Pais de menina morta em 'brincadeira' fazem alerta
2 Fake! Senador Cid Gomes não morreu baleado em protesto
3 Cuidadora é acusada de furtar R$ 1 milhão de idosa


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo