Curador da ‘Queermuseu’ vai notificar prefeito Crivella

Notificação extrajudicial é para que prefeito do Rio esclareça conteúdo de vídeo publicado

Pleno.News - 06/10/2017 18h55

Curador da mostra Queermuseu irá notificar extrajudicialmente o prefeito Marcelo Crivella Foto: Divulgação

Após o Museu de Arte do Rio (MAR) desistir de trazer a mostra “Queermuseu – Cartografias da Diferença da Arte Brasileira” após pedido feito pelo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, o curador da mostra, Gaudêncio Fidelis, deve notificar o prefeito extrajudicialmente na próxima terça-feira (10). As informações foram dadas pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, nesta sexta-feira (6).

A intenção do curador é que o prefeito do Rio esclareça o conteúdo do vídeo publicado em que afirma que a população não iria querer na cidade “exposição de pedofilia e zoofilia”. No vídeo, sobre a exibição, Crivella afirma que “só se for no fundo do mar, porque no Rio não”.

Segundo a publicação, o segundo passo após a notificação será uma ação judicial.

LEIA TAMBÉM
+ Rio: Após MAR desistir, Parque Lage quer exibir Queermuseu
+ Santander não reabrirá exposição ‘Queermuseu’