Leia também:
X ‘Professores de universidade estão exaustos por excesso de vagabundagem’

Criança morre depois de cair sobre prato e cortar a garganta

Mãe da menina deixou alerta sobre o uso de itens de vidro

Ana Luiza Menezes - 04/12/2020 20h21 | atualizado em 04/12/2020 21h13

Stephanie Foto: Arquivo Pessoal

Uma menina de 4 anos de idade morreu após um acidente doméstico. Segundo a revista Crescer, a pequena Stephanie tinha almoçado e, ao sair da mesa com um prato de vidro, acabou se desequilibrando e caindo sobre ele. O vidro cortou a garganta dela.

A criança chegou a ser levada para um hospital, mas não resistiu. A mãe da garota, Rosiete Arruda Meireles, que mora em Mojui dos Campos, no Pará, falou sobre o trágico acidente.

– A garganta dela sangrou muito, corri para o hospital, mas não deu tempo – relatou Rosiete.

Segundo o laudo, a garota sofreu uma lesão cortocontusa profunda na região cervical, com sangramento extenso e parada cardirespiratória, sem pulsos presentes. Os médicos tentaram reanimar a menina, mas não foi possível salvá-la.

A mãe de Stephanie também falou sobre a dor da perda. Ela deixou ainda um alerta para outros pais.

– A dor é horrível, a qual não desejo para ninguém. Apesar de isso ser uma fatalidade, por favor evite dar copos ou pratos de vidro para seus filhos – falou.

À revista, o pediatra Kairon Caproni Tavares, membro da Sociedade Brasileira de Pediatria, também falou sobre o perigo de deixar crianças usarem pratos e copos de vidro.

– A região cervical (do pescoço) é uma área de muitas estruturas vitais: traqueia, esôfago, tireoide e vasos sanguíneos calibrosos e traumas nessa região são de elevada mortalidade. E sim, uma criança pode morrer se tiver uma lesão dessas estruturas – avaliou o médico.

Leia também1 Babá denuncia e mãe é presa por espancar o filho por xixi na calça
2 Justiça condena casal por matar o filho que 'atrapalhava o sono'
3 Caso Miguel: Em vídeo, Mirtes diz que não haverá impunidade
4 No DF, polícia salva idosa que foi deixada em carro trancado
5 Ladrão devolve cabelos doados a crianças com câncer

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.