Leia também:
X Senado aprova texto-base da PEC do auxílio em 2º turno

Criança é agredida após ser acusada de furto em mercado

Segurança foi afastado da rede Pão de Açúcar, e a Polícia Civil investiga o caso

Thamirys Andrade - 04/03/2021 16h52 | atualizado em 04/03/2021 17h10

pao-de-acucar mercado
Situação ocorreu em unidade paulista da rede Pão de Açúcar Foto: Reprodução

Um segurança da rede de supermercados Pão de Açúcar foi afastado, acusado de agredir uma criança negra a socos, após ela supostamente ter furtado um pacote de fraldas. O caso aconteceu nesta terça-feira (2) em uma unidade de São Paulo.

Um cartunista da Folha, que presenciou parte da cena, disse que o funcionário, que segurava a criança pelo braço, agrediu-a no estacionamento. A briga teria acabado quando entregadores de aplicativo que estavam no local separaram os dois. A criança fugiu.

– Quando olho pela janela, no meio da rua, em frente ao estacionamento do mercado, tem um cara com uma camiseta da cor do mercado segurando uma criança negra com uns 11 ou 12 anos, que tinha uma sacola na mão. Eles estão se atracando na rua, e o cara dá um soco na cabeça da criança, que estava tentando se desvencilhar – relatou João Montanaro.

O Pão de Açúcar informou em nota ao periódico que, “tão logo que tomou conhecimento do ocorrido”, acionou imediatamente a loja e as autoridades, iniciando um processo interno de apuração. A empresa diz que “repudia e não tolera qualquer ato de violência ou desrespeito” e que o colaborador envolvido será afastado até que o processo de apuração seja finalizado e as “providências necessárias possam ser tomadas”.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, a Polícia Civil investiga o caso como ato infracional e furto, mas também apura a denúncia de agressão cometida pelo funcionário.

Leia também1 Homem com Covid é preso por passar a mão em maçanetas de carros
2 PF investiga 127 quadrilhas que atuaram em fraudes no auxílio
3 Hospital no DF é condenado após confundir AVC com embriaguez
4 Polícia Rodoviária apreende droga avaliada em R$ 875 mil
5 PM ajuda vítima de roubo e é esfaqueado, mas mata ladrão

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.