Leia também:
X PF encerra investigação e diz que não encontrou provas de propinas da Odebrecht a Renan Calheiros e Romero Jucá

Criança de 1 ano e 7 meses morre durante atividade em creche

Pais de alunos do espaço suspeitam que a criança tenha se enforcado com a rede do gol de campo de futebol da unidade

Pleno.News - 01/09/2022 07h58 | atualizado em 01/09/2022 12h12

Creche onde a criança sofreu o acidente Foto: Reprodução/Google Maps

Um aluno da creche do Centro Educacional Unificado (CEU) Meninos, da Prefeitura de São Paulo, morreu na manhã desta quarta-feira (31) durante uma atividade no campo de futebol da unidade educacional, na Zona Sul da capital paulista. Na hora do acidente, cinco professoras acompanhavam as crianças no local. De acordo com o portal R7, a criança tinha 1 ano e 7 meses de idade.

A administração municipal não informou as circunstâncias do ocorrido. A criança foi atendida ainda no local por um brigadista capacitado em primeiros socorros. De acordo com o portal G1, pais de alunos do espaço suspeitam que a criança tenha se enforcado com a rede do gol do campo de futebol do local.

O menino foi levado para a Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Seckler, onde foram feitos os primeiros socorros, com tentativa de reanimação do aluno. Transferida para a Assistência Médica Ambulatorial (AMA) Sacomã, a criança, no entanto, não resistiu e teve a morte constatada ainda na manhã desta quarta.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Educação (SME), afirma que “abriu, em caráter prioritário, uma apuração para verificar as circunstâncias da tragédia ocorrida no Centro Educacional Unificado (CEU) Meninos”. Em nota, a administração municipal também afirma que a diretora regional Marta Malheiros acompanhou a família no atendimento médico.

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a criança foi atendida por uma equipe de urgência, que fez todos os procedimentos necessários para tentar reanimá-la de uma parada cardiorrespiratória, infelizmente sem êxito.

O secretário-adjunto da Secretaria Municipal de Educação, Bruno Lopes Correia, esteve no local para acompanhar o caso e o Núcleo de Apoio e Acompanhamento das Aprendizagens (Naapa), composto por psicólogos e psicopedagogos, foi acionado para prestar acolhimento aos funcionários e crianças do CEU. A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social também esteve no local para apoio às famílias.

Todas as atividades das unidades do CEU serão suspensas e retornarão na sexta-feira (2) com exceção do Centro de Educação Infantil (CEI) Meninos, que retomará as atividades na próxima segunda-feira (5). A secretaria, em nota, afirma que “está consternada e lamenta profundamente o ocorrido”. Um Boletim de Ocorrência foi registrado e a unidade escolar está à disposição dos familiares para esclarecimentos.

*Com informações AE

Leia também1 PF encerra investigação e diz que não encontrou provas de propinas da Odebrecht a Renan Calheiros e Romero Jucá
2 Bolsonaro diz que Petrobras deve anunciar “boa notícia” em breve
3 Desde 2018, registro de armas por CACs cresce e supera 1 milhão
4 TRE do RJ impede aliados de usar sobrenome Bolsonaro nas urnas
5 Ciro elogia empresários: "Gente preparada, imagina na favela"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.