Leia também:
X Pai de Rodrigo Maia tem pedido negado pela Comissão de Anistia

Covid: Rio avalia fim do uso de máscara a partir de novembro

Medida depende do total de vacinas contra a doença na cidade

Henrique Gimenes - 01/10/2021 14h31 | atualizado em 01/10/2021 15h37

Rio de Janeiro cogita o fim do uso obrigatório de máscaras em novembro Foto: Reprodução

Moradores da cidade do Rio de Janeiro podem ser “ver livres” do uso de máscaras muito em breve. A Prefeitura da cidade cogita liberar a população do uso parcial da proteção em novembro. A medida decorre do aumento de moradores do município totalmente vacinados contra a Covid-19.

A possibilidade foi abordada nesta sexta-feira (1º), durante a divulgação do boletim epidemiológico da cidade. O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, disse que está “cada vez mais difícil” manter a população utilizando as máscaras.

– A gente entende que é cada vez mais difícil manter a população usando máscara. Não é simples nesse momento. Vamos completar dois anos de pandemia. Não é simples nesse momento o uso de máscara e o cumprimento das medidas restritivas. Mas nosso entendimento é [de] que não se pode abolir o uso de máscara no Rio. Nos eventos-teste, em que a população está toda testada, o panorama epidemiológico é diferente – ressaltou.

Para o secretário, a medida será discutida quando toda a população tiver completado a vacinação.

– Mas a gente ainda não se sente bem para liberar [a população] do uso de máscara. No mês de outubro, a gente alcança 65% da população totalmente vacinada, e liberamos mais atividades. Em novembro, com toda a população totalmente vacinada, será um momento mais propício para discutirmos isso – apontou.

Leia também1 STF restabelece decreto do Rio que exige passaporte de vacina
2 Paes recorre ao STF após decisão contra passaporte da vacina
3 Justiça suspende passaporte da vacina no RJ: 'Ditadura sanitária'
4 Após 'motociatas', apoiadores de Bolsonaro organizam 'barqueata' no RJ
5 Na web, autores lamentam cancelamento de Malhação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.