Leia também:
X ‘Eu estou sendo acusada de defender pedófilo’, diz Damares

Corregedor diz que Flordelis chorou durante depoimento

Deputada foi ouvida, nesta terça, em seu apartamento funcional em Brasília

Ana Luiza Menezes - 22/09/2020 17h51 | atualizado em 22/09/2020 17h54

Deputada Flordelis Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo

Nesta terça-feira (22), a deputada federal Flordelis foi ouvida pelo corregedor da Câmara dos Deputados, deputado Paulo Bengtson, em seu apartamento funcional em Brasília. A oitiva durou 1h40.

Flordelis foi ouvida como parte de sua defesa no processo que corre na Câmara por quebra de decoro parlamentar. Ela estava acompanhada de seu advogado, Alessandro Rollemberg, e respondeu a um questionário de 10 perguntas.

Segundo o portal Metrópoles, Bengtson disse que a deputada estava abalada.

– Hoje, Flordelis estava mais abalada que na outra vez que a encontrei. Chorou em vários momentos do depoimento – contou ele.

A previsão é que o parecer de Bengtson seja apresentado na próxima semana à Mesa Diretora, que remete ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar.

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) acusa Flordelis de ser a mandante do assassinato do marido dela, pastor Anderson do Carmo. O crime aconteceu em junho do ano passado.

Leia também1 Flordelis não comparece para colocar tornozeleira eletrônica
2 Flordelis deve se apresentar para colocar tornozeleira, diz Seap
3 Flordelis pede apoio da bancada feminina da Câmara
4 Flordelis irá usar tornozeleira eletrônica, decide Justiça
5 Flordelis protocola defesa na Corregedoria da Câmara

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.