Leia também:
X Deu ruim! MPF aceita denúncia contra o youtuber Felipe Neto

Conselho investigará médico por atestados “anti-máscaras”

Em uma rede social, profissional de saúde disse ter emitido 20 atestados em um dia

Henrique Gimenes - 28/10/2020 14h54 | atualizado em 28/10/2020 15h01

Conselho investigará médico que emitia atestados para pacientes não usarem máscaras Foto: Pixabay

Nesta quarta-feira (28), o Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais (CRM-MG) informou que irá apurar o caso de um médico que revelou, em suas redes sociais, ter emitido atestados médicos nos quais autorizou pacientes a não fazerem uso de máscaras contra a Covid-19 em espaços públicos.

Os atestados eram emitidos com base em um trecho daLei Federal 14.019, que aponta que estão dispensadas do uso de máscara as pessoas que tiverem alguns tipos de transtorno e deficiência “e quaisquer outras deficiências que as impeçam de fazer o uso adequado da máscara de proteção facial”.

Em uma de suas publicações no Twitter, Sergio Marcussi escreveu que fez 20 atestados em um único dia. Ele fez esse comentário ao compartilhar um tuíte do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ).

– A luta diária! Hoje fiz 20 atestados desses. Vamos disseminando – escreveu o médico no post.

Médico emite atestados para pacientes não usarem máscaras Foto: Reprodução

Em outra publicação, Marcussi chamou a máscara de focinheira.

No perfil, Sergio disse que é médico e advogado, além de autor de livros sobre medicina estética.

Leia também1 Médico emite atestados para que pacientes não usem máscaras
2 Deputado quer dispensar uso de máscaras em templos religiosos
3 Bolsonaro participa de workshop sobre o caça Gripen em Brasília
4 Satanista joga sangue em pastor durante evento nos EUA
5 Doria libera visitas a cemitérios durante o feriado de Finados

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.