Leia também:
X Justiça nega ação do PT para retirar apoio da PM a motociata

CCJ rejeita recurso de Flordelis e mantém processo de cassação

Cassação vai a plenário, mas o presidente da Câmara, Arthur Lira, não tem prazo para pautar pedido

Pleno.News - 13/07/2021 18h27 | atualizado em 13/07/2021 18h28

Deputada federal Flordelis Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (13), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados rejeitou o recurso da deputada Flordelis (PSD-RJ) contra a decisão do Conselho de Ética, que recomendou a cassação do mandato da parlamentar. Ela é acusada de ter mandado matar o marido, pastor Anderson do Carmo.

Gilson Marques (Novo-SC), relator do caso na CCJ, votou pela improcedência do recurso da defesa da deputada e foi acompanhado pelos colegas. Foram 47 votos contra Flordelis, e nenhum a favor.

A cassação do mandato da parlamentar ainda precisa ser votada em plenário. Flordelis perderá o mandato se pelo menos 257 deputados votarem contra ela.

O presidente da Câmara, Arthur Lira, não tem prazo para pautar o pedido. Por conta do recesso de meio de ano, o tema deverá ser pautado no plenário somente na retomada dos trabalhos, em agosto.

Flordelis nega envolvimento com o crime, que aconteceu em junho de 2019.

Leia também1 Defesa de Anderson do Carmo denuncia ataques de Flordelis
2 Flordelis recorre à CCJ contra cassação de mandato
3 Juíza nega pedido de Flordelis para ser afastada do processo
4 MP quer saber por que Flordelis ficou 24 horas sem tornozeleira
5 Novo advogado de Flordelis vai recorrer de decisão sobre júri

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.