Leia também:
X Apresentador da Globo tem carro roubado no Rio de Janeiro

Caso Henry Borel: Deputado do Rio defende pena de morte

Filippe Poubel mostrou indignação com a morte do menino de 4 anos

Henrique Gimenes - 08/04/2021 20h56 | atualizado em 09/04/2021 11h05

Deputado Filippe Poubel Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (8), o deputado estadual do Rio de Janeiro Filippe Poubel (PSL) comentou o caso do menino Henry Borel e mostrou indignação. Em suas redes sociais, ele pediu perdão a Deus e defendeu a pena de morte para os “monstros” envolvidos na morte da criança.

Henry tinha 4 anos e morreu no dia 8 de março, num hospital da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. A mãe do menino, Monique Medeiros, e o padrasto Dr. Jairinho, afirmaram que o tinham encontrado no chão do quarto, com olhos revirados e com falta de ar. Mas a necrópsia indicou a causa da morte como hemorragia interna e laceração hepática provocada por ação contundente. Dr. Jairinho e Monique foram presos na manhã desta quinta-feira, apontados como os principais suspeitos do crime.

Ao falar do caso, Poubel disse não acreditar na recuperação de “monstros como esses”.

– Todos os dias, ouço que o MAL se paga com o BEM. Até concordo em parte, porque, quando me deparo com o que aconteceu ao anjinho indefeso Henry, só o que me vem a cabeça é PENA DE MORTE! Me perdoe, meu Deus, mas não acredito na recuperação de monstros como esses. PENA DE MORTE! – escreveu Poubel.

Em uma publicação no Instagram, o deputado voltou a falar do assunto e lamentou a morte da criança.

– Se enganam aqueles que pensam que não existe pena de morte no Brasil. O anjinho Henry foi condenado à morte da maneira mais covarde possível por monstros que, infelizmente, por conta de um código penal arcaico, em breve estarão novamente em liberdade! – apontou Poubel.

Leia também1 Vereador Dr. Jairinho pode perder o registro de médico
2 Monique e Jairinho são levados para cadeias em Bangu e Niterói
3 Dr. Jairinho foi o 28º vereador mais votado do Rio em 2020
4 Maria Beltrão chora ao noticiar caso Henry, e colegas intervêm
5 Partido Solidariedade decide expulsar Dr. Jairinho da sigla

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.