Leia também:
X Escola de samba faz Bolsonaro se vacinar e virar jacaré em desfile

Caso Aline Borel: Polícia suspeita de crime passional ou vingança

Polícia acredita que o crime possa ter sido motivado por ódio aos conteúdos que Aline publicava

Paulo Moura - 24/04/2022 13h07 | atualizado em 25/04/2022 11h41

Inflenciadora digital Aline Borel Foto: Arquivo pessoal

A Polícia Civil do Rio de Janeiro possui duas linhas de investigação para a morte da influenciadora Aline Borel, cujo corpo foi encontrado com marcas de tiros em uma praia na cidade fluminense de Araruama na última quinta-feira (21): crime passional ou vingança. De acordo com a perícia, ela foi alvejada com ao menos dois tiros no rosto.

De acordo com o jornal O Globo, a equipe do titular da 118ª Delegacia Policial (DP), Filipi Poeys, que investiga o caso, acredita que o crime possa ter sido motivado por ódio aos conteúdos que Aline publicava nas redes sociais. A investigação já recolheu câmeras de segurança do local do homicídio.

Após ficar conhecida em 2015, quando vídeos dela cantando composições próprias como a canção É cansativa a vida do crente viralizaram nas redes sociais, Aline chegou a marcar presença em programas de TV e somar mais de 40 mil seguidores no Instagram. Entretanto, desde 2019 ela não fazia qualquer postagem na rede social.

A última publicação no perfil de Aline no Instagram, feita em abril daquele ano, foi justamente o anúncio do afastamento da jovem das redes sociais. Na postagem em questão, feita por familiares dela, era ressaltado que Aline sofria de depressão e que tinha passado por recaídas, mas que estava bem de saúde.

– A depressão é cruel e ela teve uma recaída séria, que levou a um surto. A Aline não faz uso de nenhum tipo de droga, que fique claro. Com isso, a Aline se afastará das redes sociais por tempo indeterminado, até que a família dela permita (por mais que ela seja maior de idade, ela é dependente devido à doença) – ressaltava a postagem.

Leia também1 Escola de samba faz Bolsonaro se vacinar e virar jacaré em desfile
2 EUA: Morre homem que ateou fogo em si diante do Supremo
3 Jair Bolsonaro se emociona com pergunta feita por jovem cristã
4 Lula ignora indulto a Silveira e mantém silêncio sobre o caso
5 Dilma Rousseff critica sanções econômicas contra a Rússia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.