Leia também:
X PF poderá cortar salário de Anderson Torres como delegado

Casal é agredido em área externa do Carrefour após furto de leite

Rede de supermercados está novamente sob acusação de racismo

Pleno.News - 07/05/2023 14h18 | atualizado em 08/05/2023 12h58

Casal levou tapas na área externa do supermercado Foto: Reprodução/Vídeo das redes sociais

Um casal foi agredido na área externa de uma unidade do Grupo Carrefour em Salvador (BA), como mostra um vídeo que circula nas redes sociais desde sexta-feira (5). A rede de supermercados afirma que afastou a equipe de prevenção e rescindiu o contrato com a empresa de segurança responsável pelo local. Não foi divulgado em qual unidade ocorreu a violência.

Na gravação, a mulher é questionada sobre um furto e mostra uma mochila aberta, com embalagens de leite em pó. Ela, que se identificou como Jamile, disse que estava precisando dos produtos “por causa da minha filha.”

O homem, que aparece agachado, afirmou se chamar Jeremias e disse ser de Itapuã, bairro turístico da capital baiana. Ele promete ainda não voltar mais ao supermercado.

– Não sou ladrão, não – acrescentou.

Ambos levam tapas no rosto, mas não é possível ver os autores. Nas redes sociais, o diretor de Prevenção do Grupo Carrefour Brasil, Claudionor Alves, chamou o fato de “inadmissível”, disse que “causou profunda indignação” e defendeu a investigação do episódio.

– Assumimos a responsabilidade de desligar a liderança e a equipe de prevenção, além de rescindir o contrato com a empresa responsável pela segurança da área externa, onde a violência aconteceu – disse, em vídeo divulgado neste sábado (6).

Além disso, Alves afirma ter registrado boletim de ocorrência. A 12ª Delegacia Territorial de Itapuã, segundo a Polícia Civil, “já tomou conhecimento do crime através dos vídeos e iniciará as apurações dos fatos”.

– Estamos buscando o contato da Jamille e do Jeremias para nos desculparmos pessoalmente, além de oferecer suporte psicológico, médico ou qualquer outro apoio necessário – acrescentou a empresa.

O vídeo das agressões está sendo amplamente compartilhado com foco no fato de o casal ser negro, o que está dividindo opiniões, uma vez que foi praticado um roubo.

– Concordo, não podem fazer isso, chama a polícia. Mas tem outra coisa, não podem fazerem os dois que roubaram como vítima. Eles também têm que ser responsabilizados pelo roubo, se não viram exemplo que roubar compensa. Carrefour está errado e os que roubaram também, fato – opinou um internauta.

*AE

Leia também1 Mulher é encontrada morta em Terra Indígena Yanomami
2 Atriz mentiu ser bissexual para ajudar comunidade
3 Projeto defende que tratar por sexo biológico não é crime
4 Brasileira é morta com cinco facadas no pescoço, na Bolívia
5 Grupo Folha demite cerca de 20 jornalistas do portal UOL

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.