Leia também:
X União Brasil pode lançar Moro ao governo de SP, diz colunista

Carlinhos Maia: Polícia cogita “informação privilegiada”

Criminosos teriam levado ao menos R$ 5 milhões em joias, relógios e outros pertences de valor de apartamento do influenciador

Paulo Moura - 30/05/2022 15h17 | atualizado em 30/05/2022 15h41

Carlinhos Maia Foto: AgNews/Leo Franco

Os delegados que trabalham na investigação do furto realizado no apartamento do influenciador Carlinhos Maia, em Maceió, capital de Alagoas, afirmaram que pelo menos duas pessoas participaram do crime e podem ter conseguido “informação privilegiada”. Esses esclarecimentos foram revelados em uma coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (30).

– Existe uma linha de investigação de que haja algum tipo de informação privilegiada que tenha possibilitado o crime. Não necessariamente de alguém de dentro do convívio [do casal], mas alguém que tivesse o conhecimento de toda a rotina – afirmou o delegado Thales Araújo.

O crime aconteceu na noite do último sábado (28). De acordo com estimativas de Carlinhos e de seu companheiro, Lucas Guimarães, os criminosos levaram ao menos R$ 5 milhões em joias, relógios e outros pertences de valor.

A Polícia Civil já conseguiu acesso a imagens de câmeras de segurança que mostram duas pessoas no prédio, com os rostos cobertos. A principal suspeita é de que uma delas seja um homem jovem e a outra seja uma mulher, que ainda não foram identificados.

Os policiais ainda apontam que há falhas de segurança no imóvel, o que teria facilitado o furto. O delegado Lucimério Campos, outro integrante da investigação, disse que há pontos em que as câmeras de segurança não cobrem, além de outros equipamentos que não estavam funcionando.

– Houve facilitadores que permitiram que o crime ocorresse. Esses pontos estão sendo levantados na investigação. Há falhas nos equipamentos de segurança, alguns não estavam gravando, outros não estão funcionando e há os pontos cegos, esse contexto todo existe nesta situação – apontou Campos.

O advogado de Carlinhos Maia, Luiz Gusman, afirmou que o humorista deve receber alta na próxima semana do hospital em Aracaju onde ele está após realizar uma lipoaspiração, e que, após isso, poderá contribuir mais para a investigação do furto em seu apartamento.

– Nós estamos acompanhando os trabalhos que a polícia vem desenvolvendo, a gente viu que existem algumas possibilidades, dentre elas a de que tenham sido pessoas próximas, é um fato que a polícia está investigando. Faço questão que a gente acompanhe essa investigação – disse Gusman.

Leia também1 Putin se solidariza com vítimas das chuvas em Pernambuco
2 Bolsonaro reafirma: "Somos contra a ideologia de gênero"
3 Paraná Pesquisas: Tarcísio sobe e ultrapassa Márcio França em SP
4 "Quem governa o Brasil é o Senhor Jesus", declara Michelle
5 'A Entrega' movimenta produção de filmes cristãos nacionais

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.