Leia também:
X Capitólio: Bombeiro fala em vítimas com “fraturas expostas”

Capitólio: Bombeiros procuram 3 desaparecidos na tragédia

Acidente ocorrido neste sábado deixou diversos mortos

Henrique Gimenes - 08/01/2022 19h06 | atualizado em 08/01/2022 22h15

Rocha gigante caiu em cima de embarcações Foto: Reprodução/Print de vídeo publicado nas redes sociais

Neste sábado (8), um grande bloco de rocha de um dos cânions de Capitólio, em Minas Gerais, despencou e atingiu ao menos três lanchas que estavam atracadas no Lago de Furnas. Até o momento, foram confirmadas sete mortes, além de diversas outras pessoas feridas. E de acordo com o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, ainda há 3 desaparecidos no local.

Inicialmente os bombeiros informaram que 20 pessoas estavam sumidas, mas depois o número foi atualizado. Ao site Metrópoles, o porta-voz do Corpo de Bombeiros de MG, Pedro Aihara, falou que a corporação conseguiu fazer contato com muitas inicialmente foram dadas como desaparecidas.

– Conseguimos fazer o contato com muitas delas. As pessoas que no momento estão desparecidas são das que estavam na lancha de nome Jesus, que foi atingida diretamente pela rocha. Essas três não foram encontradas nem resgatadas – afirmou.

A corporação pretende continuar os trabalhos enquanto houver segurança no local, já que a atuação dos agentes fica menos eficiente durante a noite.

Até o momento, foram contabilizados sete mortos, 32 feridos e 3 desaparecidos.

Circula nas redes sociais um vídeo mostrando que um grupo tentou alertar as lanchas atingidas minutos antes da queda da rocha.

Leia também1 Capitólio: Bombeiro fala em vítimas com “fraturas expostas”
2 Tragédia em Capitólio: Grupo tentou alertar que rocha cairia. Assista!
3 Marinha abre inquérito para investigar tragédia em Capitólio
4 Grave acidente em Capitólio deixa diversas pessoas mortas
5 Vídeo! Rocha desprende de cânion e atinge lanchas em Capitólio

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.