Cantor gospel baleado teria sido confundido com policial

Antes de atirar, criminosos teriam perguntado se Elyon era da polícia

Pleno.News - 11/07/2019 07h48

Elyon Sosthenes foi baleado e está em estado grave Foto: Reprodução

O cantor gospel e motorista de aplicativo Elyon Sosthenes Nascimento de Souza, de 28 anos, teria sido confundido com um policial e por isso foi baleado. No momento em que foi abordado por criminosos, ele falava com a esposa pelo celular. Quando percebeu que estava sendo seguido, ele avisou a ela que seria assaltado e deixou o celular ligado.

A mulher disse aos policiais ter ouvido os criminosos perguntarem: “você é polícia? Qual seu nome? Onde está seu celular?”.

O suspeito de ter atirado contra o cantor foi identificado na madrugada do dia 8 de julho, algumas horas depois do ataque a Elyon. Ele já foi preso.

No momento do crime, acontecia um baile funk na Comunidade Parada Angélica e homens circulavam no entorno para fazer uma espécie de “segurança” contra a polícia. Como o automóvel de Elyon era da marca e modelo usado como viatura descaracterizada, isso reforça a hipótese de que ele pode ter sido confundido com um policial.

O cantor está internado em estado grave no Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM+ Amigos de cantor baleado fazem culto em hospital
+ Cantor baleado na cabeça passou por cirurgia de 5 horas
+ Esposa de cantor gospel baleado agradece orações


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo