Leia também:
X CPMI das Fake News vota convocações de Lula e Dilma

Bruno diz que Bola é inocente na morte de Eliza Samudio

Ex-policial militar foi preso por executar a modelo e ocultar o cadáver

Rafael Ramos - 02/03/2020 11h39 | atualizado em 02/03/2020 12h37

Bruno inocentou Bola da morte de Eliza Samudio Foto: Divulgação Boa Esporte

Quase dez anos após o assassinato de Eliza Samudio, o goleiro Bruno Fernandes fez revelações exclusivas sobre o crime. Em entrevista ao jornal O Tempo, ele inocentou o ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, condenado há 22 anos de prisão por ter matado e ocultado o cadáver da modelo.

– Até que me provem o contrário, para mim, o Bola é inocente. Nesse caso, ele é. Quero avaliar a prova que liga o Bola a esse assunto. Não tem. Foi muito mais naquela época lá, que tinha que condenar, quando o Macarrão falou no júri que o “Bruno agora é o mandante, agora fecha. O Bola é o executor”. Tá, ele é o executor, prova isso. Prova também que eu sou o mandante – disparou o goleiro.

Bruno garante que nunca viu Bola na vida. A defesa do ex-policial vai estudar se há base legal para pedir a reabertura do processo. Já Luiz Henrique Romão, o Macarrão, é considerado “a chave para desvendar o crime”.

– Acho que o Macarrão deve isso para a sociedade. Se ele foi a última pessoa a estar com a Eliza, por que ele não fala onde ela está então? Fala o que aconteceu realmente com ela. Não o que ele falou lá no júri, porque o júri é mentira.

Responsável pelas investigações na época, o ex-delegado e atual deputado federal Edson Moreira suspeita que o corpo de Eliza Samudio tenha sido enterrado próximo à cidade de Capim Branco, na região Central de Minas Gerais.

– O Bola é perigoso. Ele só não contou onde estava o corpo porque tem outros corpos lá no mesmo lugar. Eu desconfio da localização, lá para o lado de Capim Branco, porque, em certos momentos em que o celular dele ficou desligado, apareceram umas ligações para aquele lado. Eu queria fazer essa parte da investigação, com autos suplementares. Mas o doutor Gustavo Fantini (promotor de Justiça) passou isso para o pessoal do Crime Organizado, que não conhecia os detalhes do crime – declarou Moreira.

O Caso Eliza Samudio vai saltar da vida real para a ficção. A história será transformada em série pela Rede Globo e terá a atriz Vanessa Giácomo no papel da modelo. Com direção projeto de Amora Mautner, o projeto recebeu críticas de familiares e amigos de Eliza e até de famosos, como a novelista Gloria Perez.

Leia também1 Pr. Márcio Poncio fala sobre o fim do casamento do filho
2 Moro dá resposta a Ciro Gomes sobre situação no Ceará
3 Sertanejo Henrique morre após 22 dias internado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.