Leia também:
X Janones xinga povo de “gado” e diz que esquerda é “maioria”

Bolsonaro após festejos: “Lutarei até o fim da minha vida”

"Atacar nossos valores é uma das formas mais covardes de promover a desunião"

Natalia Lopes - 07/09/2022 20h42 | atualizado em 08/09/2022 13h33

Manifestações do 7 de Setembro Foto: EFE/ Joedson Alves
Na noite desta quarta-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro fez uma postagem no Instagram celebrando tudo o que viu ao longo do dia.

– Hoje, mais do que nunca, pudemos assistir e sentir o despertar do patriotismo e do profundo amor pelo Brasil. As ruas foram tomadas pelas cores de nossa linda bandeira e o nosso glorioso hino nacional foi cantado por milhões de homens e mulheres, de todas as idades, classes e cores.

O chefe do Executivo ressaltou a força do povo que foi às ruas em celebração aos 200 anos de Independência e também em apoio ao governo.

– Mais uma vez o nosso povo mostrou a todos aqueles que duvidam de sua capacidade e integridade não apenas a força que possui, mas também o espírito pacífico e ordeiro que carrega em seu coração. O mundo pôde assistir novamente a uma celebração de união, esperança e liberdade.

Bolsonaro esteve nas comemorações em Brasília e no Rio de Janeiro. Ele afirmou ter ficado emocionado com tamanho patriotismo dos brasileiros, mesmo em meio às dificuldades.

– Há muito não se via tantas pessoas emocionadas, festejando com alegria a nossa Independência. Essa emoção contagiou a todos nós. Impossível conter as lágrimas e não pensar no quanto o nosso país é maravilhoso, mesmo com todas as dificuldades que enfrentamos no dia a dia.

O presidente disse ainda que a nação não está adormecida, mas consciente, e que o ataque aos valores do povo é uma das formas mais covardes de desunião.

– Se antes falavam que éramos uma nação adormecida, hoje posso dizer que o Brasil acordou e está cada vez mais consciente do potencial que possui. Ninguém no mundo tem o que nós temos: nossos recursos, nossas riquezas, nossas florestas e nosso povo trabalhador e miscigenado.

– Repito: numa única família brasileira há mais diversidade do que em muitas nações. Está em nosso DNA lidar com as diferenças e contradições, porque somos frutos delas. Não é uma raça, sexo ou classe que nos une como povo, são os valores que carregamos dentro de cada um de nós.

E continuou:

– Por isso, atacar nossos valores é uma das formas mais covardes de promover a desunião. Por isso, lutarei até o fim da minha vida para proteger os valores e as tradições do nosso povo, para que sejamos uma nação cada vez mais unida, de modo que ninguém seja capaz de dividi-la.

E concluiu:

– Parabéns a todos por promoverem neste 7 de Setembro de 2022 uma das maiores e mais lindas festas já vistas nos últimos 200 anos e em todo o planeta! Vocês mostraram ao mundo a beleza e a grandeza do nosso país. INDEPENDÊNCIA OU MORTE! ONTEM, HOJE E POR TODA ETERNIDADE!

Leia também1 Janones xinga povo de "gado" e diz que esquerda é "maioria"
2 Após ser chamado de nazistinha, Filipe Martins vence ação
3 Bolsonaro mergulha no mar da Urca após atos da Independência
4 Planalto calcula que 1 milhão de pessoas foram a ato em Brasília
5 “Falo palavrões, mas não sou ladrão”, diz Bolsonaro sobre Lula

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.