Leia também:
X Menino Henry: Lesões ocorreram entre 12h e 48h antes de exame

Bicheiro Rogério Andrade fugiu do país, alerta PF à Justiça do RJ

O contraventor é acusado de ser o mandante do assassinato do bicheiro Fernando Inggnácio

Monique Mello - 20/03/2021 13h17

Polícia Federal faz alerta de fuga de bicheiro à Justiça do RJ Foto: Reprodução

De acordo com informação dada pela Polícia Federal (PF) à Justiça do RJ, o contraventor Rogério de Andrade está foragido na Costa Rica ou em algum outro país sul-americano. Ele é acusado de ser o mandante do assassinato do bicheiro Fernando Inggnácio, em novembro de 2020. Outros três envolvidos no crime teriam fugido para o Paraguai, segundo a PF.

Rogério de Andrade é sobrinho de Castor de Andrade, considerado até hoje o mais famoso bicheiro brasileiro.

Em documento enviado à 1ª Vara Criminal, a PF informou que o nome de Rogério tem que ser publicado no serviço de Difusão Vermelha da Interpol para que uma eventual prisão em outro país possa culminar na extradição do contraventor para o Brasil.

Fernando Iggnácio travava disputa sangrenta pelo controle dos jogos de bicho no Rio de Janeiro Foto: Reprodução

O advogado João Maia, que defende Rogério, disse que foi impetrado um habeas corpus em razão de um “evidente constrangimento ilegal”.

– Em razão de evidente constrangimento ilegal, foi impetrado um habeas corpus. Esperamos reverter isso em breve – escreveu em nota.

Genro do então chefão do jogo do bicho no Rio, Castor de Andrade, que morreu no fim da década de 1990, Iggnácio foi executado no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio, em 10 de novembro do ano passado. Ele e Rogério disputavam o controle da máfia do jogo do bicho na zona oeste do estado.

 

Leia também1 A pedido de Bolsonaro, PF irá investigar Ciro por 'crime contra a honra'
2 Alexandre de Moraes: A vida pregressa dos “Supremos”
3 RJ: Chefe do tráfico na Cidade de Deus deixa prisão após 20 anos
4 PF prende militares flagrados com 39 kg de cocaína em avião
5 STF rejeita denúncia de Ludmilla contra deputado Junio Amaral

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.