Leia também:
X Maia critica portaria que muda regras sobre abortos

Bahia: Tremores de terra são registrados pelo 3º dia seguido

Novos casos foram relatados por moradores de São Miguel das Matas e Amargosa

Ana Luiza Menezes - 01/09/2020 17h02

São Miguel das Matas, Bahia Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (1º), cidades da Bahia registraram tremores de terra pelo terceiro dia seguido. Os novos casos foram relatados por moradores de cidades como São Miguel das Matas e Amargosa.

Ao portal G1, Elizângela de Jesus, que mora em São Miguel das Matas, disse que a terra tremeu três vezes só nesta terça. Os tremores aconteceram, segundo ela, às 2h47 e 3h50 da madrugada, e por volta das 6h30.

– O primeiro foi rápido, foi só o tempo de correr e sair de casa. Dormir, aqui ninguém está dormindo. Todo mundo apreensivo, na frente da casa o tempo todo. A gente tem medo que a casa caia em cima, caia uma parede, caia um telhado – falou ela.

Em função do terremoto, que atingiu São Miguel das Matas no domingo (30), pelo menos três famílias acabaram desabrigadas. Há relatos também nos estados de Alagoas e Sergipe.

O sismólogo Aderson Nascimento, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), disse que os dois tremores detectados no município de Amargosa tiveram magnitude de 2.0 e 2.4. A UFRN informou que desde o último sábado (29) foram detectados 17 casos de tremores de terra na Bahia.

Já Paulo Sérgio Luz, da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), afirmou ao G1 que os tremores foram sentidos em mais de 40 cidades do estado.

– Registros de danos provocados pelo terremoto só temos nas cidades de Amargosa, São Miguel das Matas e Mutuípe. Mas, os tremores de terra foram sentidos em mais de 40 municípios – declarou.

Leia também1 Tremor de 4.6 causa avarias e assusta moradores na Bahia
2 Cidades baianas voltam a ter terremoto nesta segunda-feira
3 Bebê de 2 meses morre após sofrer violência sexual e física
4 Polícia não descarta execução de paraquedista do Exército
5 Covardia: Morador de rua é queimado enquanto dormia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.