Leia também:
X EUA: Governo diz a Lula que vai reconhecer resultado da eleição

Ator José Dumont vira réu por armazenar pornografia infantil

1ª Vara Especializada em Crimes contra a Criança e o Adolescente aceitou denúncia

Thamirys Andrade - 24/09/2022 13h09 | atualizado em 26/09/2022 14h53

José Dumont Foto: Reprodução/YouTube Janela Indiscreta

A 1ª Vara Especializada em Crimes contra a Criança e o Adolescente aceitou a denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) e tornou o ator José Dumont réu por armazenar pornografia infantil. A magistrada responsável pela decisão é Gisele Guida de Faria.

No último dia 15, Dumont foi preso em flagrante por armazenar cerca de 240 arquivos de pornografia infantil, incluindo imagens e vídeos, em seu celular e computador pessoal. Ele ainda é investigado por ter supostamente estuprado um menino de 12 anos.

No último sábado (17), Dumont teve o pedido de habeas corpus negado liminarmente, no Plantão Judiciário do Tribunal de Justiça. Entretanto, a equipe de defesa entrou com recurso que será julgado pela Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, em caráter de urgência.

O ator contratou o escritório do advogado Arthur Lavigne, que atuou no caso Daniella Perez, para defendê-lo. No entanto, não será Lavigne que cuidará do caso do ator, mas sim um corpo de advogados do seu escritório. Inclusive, Dumont já era cliente do escritório, um dos mais caros do país, mas em outras situações jurídicas.

Leia também1 Escritório do sogro de Caetano Veloso fará defesa de Dumont
2 "Não desconfiei", diz mãe de menino molestado por ator
3 Dumont nega estupro e diz se considerar 'padrinho' do menino
4 Arquivo de pornografia pode ter sido feito por celular de Dumont
5 Justiça converte para preventiva a prisão de José Dumont

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.