Leia também:
X Chefe de facção deixa cadeia no Rio após ‘falha de comunicação’

Araraquara: Eduardo Bolsonaro pede impeachment de Edinho Silva

"Quem são os genocidas?", questionou o deputado

Ana Luiza Menezes - 03/08/2021 18h03 | atualizado em 03/08/2021 20h10

Edinho Silva, prefeito de araraquara
Edinho Silva, prefeito de araraquara Foto: Divulgação/PT

Nesta terça-feira (3), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) usou as redes sociais para afirmar que apresentou um pedido de impeachment contra o prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), por suspeitas de irregularidades na compra de respiradores com dispensa de licitação.

O parlamentar esteve na cidade paulista, na segunda-feira (2), para entregar cestas básicas arrecadadas por meio de uma vaquinha virtual organizada por ele e a deputada Carla Zambelli (PSL-SP) para entidades do município.

– Pedi impeachment do prefeito Edinho Silva/PT, ex-ministro d Dilma, baseado na compra com dispensa de licitação de respiradores numa empresa de cosméticos. O R$ 1 milhão pago antecipadamente deve ser devolvido, determinou TCU, pois há dinheiro federal neste angu. Quem são os genocidas? – declarou Eduardo Bolsonaro, no Twitter.

O pedido foi protocolado na segunda-feira, data em que o parlamentar esteve em Araraquara.

– Se a população se revolta com a corrupção, imagina o quanto mais não se revolta por desvios de dinheiro da saúde. O prefeito deve explicações – disse Eduardo, em um vídeo publicado nas redes sociais.

Ele também voltou a criticar o prefeito por decretar lockdown na cidade em fevereiro deste ano.

– Se ele andasse no meio da população ele saberia que as pessoas que vivem na informalidade não tem condição de ficar trancafiadas em casa como ele e como o senhor João Doria – disse.

O pedido de impeachment se baseia na denúncia de que a prefeitura de Araraquara comprou 25 respiradores sem licitação de uma empresa que atua no ramo de bijuterias e acessórios. Na ocasião, R$ 1 milhão foi pago antecipadamente. O valor total orçado era de R$ 4,1 milhões. A empresa que vendeu os respiradores foi condenada pela Justiça em 1ª instância e obrigada a devolver o valor pago pela administração municipal, segundo informações da Jovem Pan.

A deputada federal Carla Zambelli também se pronunciou a respeito do caso.

– Protocolado pedido de impeachment do petista Edinho Silva, prefeito de Araraquara, por irregularidades na compra de 25 respiradores que nunca chegaram, conforme relatório do TCU.

Leia também1 Morador de Araraquara confronta prefeito: 'Aprendeu com Lula ladrão'
2 Coronel compara lockdown em Araraquara com 'pós-guerra’
3 Araraquara cogita um novo lockdown para conter a Covid-19
4 Prefeito de Ribeirão, SP, decreta lockdown e vai para resort
5 Jair Bolsonaro culpa lockdown por fome em Araraquara

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.