Leia também:
X Jair Bolsonaro é atendido no posto médico do Planalto

Araçatuba: Pai diz que filho foi morto por não segurar em capô

Personal trainer foi executado com 10 tiros

Gabriela Doria - 01/09/2021 08h47 | atualizado em 01/09/2021 09h21

Márcio Victor Possa da Silva, de 34 anos, foi morto com 10 tiros Foto: Reprodução

O pai do personal trainer Márcio Victor Possa da Silva, de 34 anos, assassinado por criminosos durante o mega-assalto a bancos em Araçatuba, na última segunda-feira (30), acredita que o filho foi morto por não conseguir se segurar no capô de um dos carros usados pelos bandidos para cometer o crime. Eles usaram cidadãos como escudos humanos na ação.

O servidor aposentado Genival José da Silva afirmou ao portal G1 que reconheceu o filho em um dos vídeos gravados por moradores que filmaram a ação dos criminosos.

– Pela imagem que vi, ele [Márcio] está no primeiro carro. Tem um [outro] em cima, e ele está embaixo, no capô. Quando os bandidos foram saindo para ir embora, ele foi como escudo humano. Acredito que ele caiu, não aguentou segurar, ou viu a oportunidade e tentou fugir, mas foi baleado com dez tiros – disse o homem.

O advogado Jaime José da Silva, tio de Márcio, conta que o rapaz estava voltando de um evento com duas amigas quando foi abordado pelo quadrilha.

– Eles tiraram meu sobrinho do carro. Somente as meninas foram liberadas. Pelo local em que o corpo foi encontrado, chegamos à conclusão de que ele não se segurou. Os bandidos pararam e atiraram. Foram dez orifícios de entrada, salvo engano, e nove de saída – relatou.

Fernando Francisco Alves Filho, amigo há anos de Márcio, diz que foi surpreendido com a notícia da morte do personal trainer após uma ligação da polícia.

– O Márcio era professor de academia e fazia jardinagem comigo. O policial me ligou quatro horas da manhã, perguntando se eu conhecia o Márcio. Falei que sim, que ele trabalhava comigo. O policial respondeu que, infelizmente, o Márcio tinha morrido. Ele era uma pessoa que todos gostavam – lamentou.

Leia também1 Vítima em Araçatuba fez áudio antes de morrer: "Fui atingido"
2 PM acha 93 artefatos explosivos pelas ruas de Araçatuba, em SP
3 Polícia prende três envolvidos no mega-assalto de Araçatuba
4 Datena cobra Jair Bolsonaro após dia de terror em Araçatuba
5 'Cenas de terror' em Araçatuba não ficarão impunes, diz Doria

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.