Leia também:
X Podcast com Bolsonaro tem 4 vezes mais views do que Anitta

Apuração descarta legítima defesa no assassinato de lutador

Leandro Lo foi assassinado neste final de semana, em SP

Pleno.News - 08/08/2022 19h36 | atualizado em 08/08/2022 19h55

Leandro Lo Foto: Reprodução/Print de vídeo YouTube Galvaocast

O campeão mundial de jiu-jítsu Leandro Pereira do Nascimento Lo, de 33 anos, foi baleado durante uma festa no Clube Sírio, em Indianópolis, na Zona Sul de São Paulo, na madrugada de domingo (7). A morte cerebral foi declarada por médicos do Hospital Municipal Saboya, para onde o atleta foi levado.

Leandro foi baleado na cabeça após tentar imobilizar um homem que o provocou durante a festa.

Segundo informações do UOL Esporte, a investigação que apura o assassinato de Leandro descartou legítima defesa por parte do policial Henrique Velozo, responsável pelo tiro que acertou o lutador.

As autoridades tratam o caso como assassinato pelo fato de a bala ter acertado o rosto, e não partes inferiores do corpo, o que poderia caracterizar legítima defesa.

A Polícia Civil de São Paulo prendeu, no domingo, o tenente da Polícia Militar, Henrique Otávio Oliveira Velozo, depois que a Justiça determinou sua prisão temporária por 30 dias. O agente, que se entregou à Corregedoria da PM, é acusado de ter atirado na cabeça de Leandro após discussão.

De acordo com testemunhas, o lutador teve uma discussão com o PM. Para acalmar a situação, Lo imobilizou o homem que, após se afastar, sacou uma arma e atirou uma vez na cabeça do lutador. O advogado conta que, após o tiro, o agressor ainda deu dois chutes em Leandro no chão e fugiu em seguida.

O delegado José Eduardo Jorge, titular do 16° DP da Vila Clementino, disse nesta segunda-feira (8) que a arma usada por Velozo era de propriedade da Polícia Militar.

Ainda não se sabe se Henrique Velozo ingeriu bebida alcoólica na noite do crime.

Leia também1 Homem apontado como chefe de milícia no Rio é morto pela PC
2 Mulher é presa suspeita de agredir filho com frigideira
3 Homenagem: Amigos vão de quimono a velório de Leandro Lo
4 Mãe e filho são encontrados mortos em sofá abandonado
5 GO: Adolescente é apreendido suspeito de matar vizinha

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.