Leia também:
X PT quer investigar Bolsonaro por “propaganda antecipada”

Após roubar celular, jovem é baleada na mão por traficantes

Adolescente de 16 anos foi alvo do "tribunal do crime" após roubar celular no Réveillon de Copacabana

Gabriela Doria - 06/01/2022 21h25 | atualizado em 07/01/2022 10h31

Jovem foi baleada na mão esquerda como “castigo” Foto: Reprodução/Redes Sociais

Uma jovem de 16 anos foi baleada com um tiro na mão por traficantes da favela de Manguinhos, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Segundo informações preliminares, o tiro foi um “castigo” imposto pelos criminosos após a adolescente roubar o celular de uma pessoa durante a festa de Réveillon em Copacabana, no dia 31, e retornar com o objeto para a comunidade.

Identificada apenas como Brenda, a garota está internada no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, e será submetida a uma cirurgia. Ela está internada sob custódia da polícia.

Moradores denunciam que a jovem foi vítima do chamado “tribunal do tráfico”. Segundo eles, há uma página gerenciada pelos criminosos em uma rede social em que é feito o alerta sobre roubar.

– Está proibido qualquer tipo de roubo e trazer pra dentro do Manguinhos, porque, quando a chapa esquenta, vocês não tão no bagulho. Pode ser mulher, homem, de menor nos vai cobrar. Se a tropa do pai pegar, vai ficar de exemplo, igual a fulana ficou; ela só foi um exemplo por achar que o Manguinhos é bagunça e tá abandonado – diz a publicação.

A Polícia Civil informou que está investigando o caso e que aguarda a alta médica da jovem para colher o depoimento dela.

Contra a menor há em aberto uma mandado de busca e apreensão pelo crime de roubo.

Leia também1 Rapaz mata menina de 13 anos a facadas e se diz 'viúvo' na web
2 Cantora de forró revela que foi abusada por músico
3 Sósia de Neymar é preso suspeito de roubo de cargas
4 Briga por cachaça: Homem é preso suspeito de esfaquear olho do irmão
5 Homem é linchado por vizinhos após estuprar enteada

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.