Leia também:
X Advogada é carbonizada por homem que deixou a cadeia

Presidente do TJMS detona a “palhaçada midiática fúnebre”

Em discurso, ao tomar posse, desembargador Carlos Eduardo Contar criticou as medidas de lockdown

Pleno.News - 24/01/2021 21h06 | atualizado em 25/01/2021 09h42

Desembargador Carlos Eduardo Contar Foto: Reprodução

Ao tomar posse como novo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS), o desembargador Carlos Eduardo Contar aproveitou seu discurso para fazer críticas àqueles que “veneram a morte, que propagandeiam o quanto pior melhor”. Ele criticou as medidas de isolamento social e pediu o retorno ao trabalho, “pondo fim à esquizofrenia e à palhaçada midiática fúnebre”.

As declarações ocorreram na sexta-feira (22), durante um evento no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo em Campo Grande (MS).

– Voltemos nossas forças ao retorno ao trabalho, deixemos de viver conduzidos como rebanho para o matadouro, daqueles que veneram a morte, que propagandeiam o quanto pior melhor. Desprezemos o irresponsável, o covarde e picareta de ocasião, que afirme “fique em casa, não procure socorro médico com sintomas leves. Não sobrecarreguem o sistema de saúde” […] Retornemos com segurança, pondo fim à esquizofrenia e à palhaçada midiática fúnebre, honrando nosso salário e nossas obrigações, assim como fazem os trabalhadores da iniciativa privada – destacou.

Leia também1 Manaus: Pessoas são presas por desobedecer 'toque de recolher'
2 Análise sobre ivermectina indica potencial eficácia contra Covid
3 Carlos Bolsonaro nega ter furado fila e se vacinado contra a Covid
4 Web se reúne em grande ato e celebra: #TodosComBolsonaro
5 Carlos B. critica Gagliasso por não seguir o isolamento

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.