CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Ministro da Nova Zelândia se demite por furar quarentena

Alerta! Golpe sobre o saque do FGTS circula no WhatsApp

Fraude tem por objetivo roubar dados pessoais e utiliza a liberação de recursos do fundo para enganar vítimas

Henrique Gimenes - 02/07/2020 15h51 | atualizado em 02/07/2020 15h57

Site falso que coleta dados de usuários Foto: Reprodução

Um golpe envolvendo o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) começou a circular com mais intensidade em aplicativos de mensagens nos últimos dias. De acordo com o laboratório especializado em segurança digital dfndr lab, mais de 100 mil pessoas já foram atingidas pelo golpe que tem por objetivo o roubo de dados pessoais.

O saque emergencial do FGTS foi liberado pelo governo devido à pandemia de coronavírus e começou a ser disponibilizado nesta segunda-feira (29). Com isso, mensagens fraudulentas envolvendo o benefício passaram a ser disseminadas em plataformas como o WhatsApp.

Os usuários recebem mensagens que falam sobre o suposto saque do benefício no valor de R$ 1.045. Para isso, é disponibilizado um link que redireciona as vítimas para uma página falsa. Lá, é solicitado ao usuário que informe seus dados pessoais, que então são repassados a criminosos.

Além disso, a página falsa ainda solicita que a vítima compartilhe a mensagem com seus amigos, o que ajuda a disseminar o golpe.

A fraude havia sido identificada pelo dfndr lab, da empresa PSafe, no mês passado.

SAQUE EMERGENCIAL DO FGTS
De acordo com as regras divulgadas pela Caixa Econômica, os pagamentos serão feitos em poupança social digital e, em um primeiro momento, estarão disponíveis apenas para pagamentos e compras por meio de cartão de débito virtual. Posteriormente, de acordo com um calendário, os recursos serão liberados para saque.

Podem sacar o novo valor os trabalhadores que tenham contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) do FGTS. Cada trabalhador terá disponível até R$ 1.045. Caso o atendido tenha mais de uma conta de FGTS, o saque será feito primeiro das contas de contratos de trabalho extintos (inativas), iniciando pela conta que tiver o menor saldo.

Para consultar o valor do saque, o trabalhador pode acessar o site fgts.caixa.gov.br, o internet banking da Caixa ou ligar na Central de Atendimento CAIXA 111, na opção 2. Há ainda a disponibilidade de informações pelo App FGTS, disponível para Android e iOS.

Leia também1 Liberação emergencial do FGTS começa nesta segunda
2 Agências do INSS devem ficar fechadas até julho
3 Covid: Medidas do governo salvaram 10 mi de empregos
4 Covid-19: Em 2020, dívida pública chegará a 98% do PIB
5 Shopping inova e libera carros de clientes nos corredores

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo