Advogado é preso após criticar ministro do STF em voo

Ricardo Lewandowski faz parte da turma de magistrados que julga pedido da defesa de Lula

Pleno.News - 04/12/2018 17h40

Cristiano Caiado de Acioli foi preso por criticar Ricardo Lewandowski durante voo Arte: Pleno.News

A deputada federal Joice Hasselmann divulgou no Instagram, nesta terça-feira (4), o vídeo de um homem sendo ameaçado de prisão pelo ministro do STF, Ricardo Lewandowski. O ministro estava em um voo com destino à Brasília quando foi criticado pelo passageiro identificado como o advogado Cristiano Caiado de Acioli, de 39 anos. Cristiano disse que o STF é uma vergonha e Lewandowski questionou se ele queria ser preso.

A discussão aconteceu antes da aeronave decolar de São Paulo. Após pousar na capital federal, o advogado foi encaminhado pela Polícia Federal até a Superintendência Regional da corporação.

– Fui preso por um técnico judiciário que entrou na aeronave. A conduta dele foi ilegal e abusiva. A conduta do ministro foi ilegal e abusiva. Todas as opções legais eu vou tomar – declarou Acioli ao G1.

Lewandowski faz parte do grupo de magistrados que julga o pedido de habeas corpus emitido pela defesa do ex-presidente Lula. Em outubro, ele decidiu a favor do ex-governador Anthony Garotinho, impedindo que ele seja preso até que todos seus recursos nas instâncias superiores sejam esgotados.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Vai mandar prender os milhões de brasileiros que sentem vergonha deste STF?!

Uma publicação compartilhada por Joice Hasselmann (@joicehasselmannoficial) em

LEIA TAMBÉM+ Futuro ministro, Moro diz que Lula faz parte de seu passado
+ Merkel é eleita a mulher mais poderosa do mundo
+ O que significa o símbolo feito pelo casal Bolsonaro

  • Adicione nosso número de WhatsApp: +55 (21) 97150-9158 e envie sugestões direto para a redação.