Leia também:
X Médico recém-formado morre após acidente com fogo em bar

Advogado do caso Mariana Ferrer é réu em ação do MPSC

De acordo com o órgão, Cláudio Gastão da Rosa Filho atuou em um esquema envolvendo um procurador

Pleno.News - 07/11/2020 21h57 | atualizado em 07/11/2020 22h12

Advogado Claudio Gastão da Rosa Filho Foto: Reprodução

O advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, responsável pela defesa do empresário André Aranha no Caso Mariana Ferrer, é réu em uma ação civil do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). De acordo com o portal Metrópoles, o MP moveu a ação por improbidade administrativa contra o advogado devido a um conluio dele com um procurador do órgão.

A denúncia aponta que o procurador Anselmo Jerônimo de Oliveira utilizou uma “empresa de fachada”, a NP Comunicações, para oferecer, ao custo de R$ 7,6 mil, palestras em cidades de Santa Catarina sobre a Lei Seca.

No entanto, as palestras tinham por objetivo mascarar outro tipo de negociação. Prefeitos que contratavam a empresa NP Comunicações e eram investigados em processos do MPSC obtinham acesso a Anselmo, que intermediava a contratação do escritório de Gastão pelo valor de R$ 150 mil.

O procurador então escrevia as defesas dos prefeitos e as enviava para o escritório de Cláudio Gastão, que ficava responsável por assinar os textos. O caso resultou na exoneração de Anselmo Jerônimo de Oliveira em 2017.

De acordo com a reportagem, o advogado Cláudio Gastão chegou a entrar com um pedido na Justiça para considerar as acusações de 2008 prescritas. Ele obteve resultado favorável na primeira instância, mas o MPSC recorreu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Além disso, o MP também entrou com uma representação contra o advogado na Ordem dos Advogados de Santa Catarina (OAB-SC).

CASO MARIANA FERRER
As imagens do julgamento, divulgadas ao longo desta semana, mostram que o advogado Claudio Gastão Filho, que defende o empresário André Camargo Aranha, humilha Mariana Ferrer ao dizer, por exemplo, que pedia a Deus que o filho não encontrasse uma mulher como a influenciadora.

– Mariana, vamos ser sinceros, fala a verdade. Tú trabalhava no café, perdeu o emprego, está com aluguel atrasado há sete meses, era uma desconhecida. Vive disso. Isso é seu ganha pão né Mariana? É o seu ganha pão a desgraça dos outros. Manipular essa história de virgem – atacou o advogado.

Na ocasião, Gastão Filho chega ainda a mostrar fotos da influenciadora falando em ‘posições ginecológicas’ e chama o choro da influenciadora de “lágrima de crocodilo”.

– Não adianta vir com esse teu choro dissimulado, falso e essa lágrima de crocodilo – completa o advogado.

Leia também1 Representação é aberta contra advogado que atacou Mari Ferrer
2 Mari Ferrer: Grupos convocam protestos para o fim de semana
3 Denúncias de Mariana Ferrer na internet foram apagadas
4 "Estupro culposo": Entenda as implicações da absolvição
5 Deputados propõem Lei Mari Ferrer para proteger vítimas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.