Leia também:
X Polícia investiga Claudia Raia por exercício ilegal da profissão

“A apuração das eleições foi bizarra”, diz Eduardo Bolsonaro

Em suas redes sociais, deputado listou os motivos que o levaram a chegar à conclusão

Pleno.News - 18/11/2020 16h58 | atualizado em 18/11/2020 21h37

Deputado Eduardo Bolsonaro na Câmara
Deputado Eduardo Bolsonaro Foto: Agência Brasil/Marcelo Camargo

Nesta quarta-feira (18), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) utilizou suas redes sociais para afirmar que a apuração no primeiro turno das eleições “foi bizarra”. Em sua conta do Twitter, ele citou uma série de fatos para corroborar sua posição.

O primeiro turno das eleições foi realizado neste domingo (15). No entanto, o atraso na divulgação dos resultados gerou críticas e levantou desconfianças nas redes sociais.

Eduardo Bolsonaro listou o episódio como um dos motivos para considerar a apuração em São Paulo como “bizarra” e falou sobre outros pontos.

– Essa apuração foi bizarra: Manutenção de percentuais durante toda a contagem em SP; Super computadores terceirizados que contam os votos; Demora sem explicação sobre parada da contagem por horas em SP; e TSE diz que não houve ataque hacker, depois hackers divulgam dados do TSE – escreveu.

Leia também1 TSE: Barroso se desculpa com 'colegas e sociedade' por atrasos
2 TSE contratou supercomputador das eleições sem fazer licitação
3 Maia defende atuação do TSE no primeiro turno das eleições
4 Barroso pede à PF que investigue ataque ao TSE no dia da eleição
5 Ministro Barroso: Atraso é um "pequeno acidente de percurso"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.