CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Web dá apoio ao presidente e levanta #ForçaBolsonaro

Ciclista que foi atropelado por Gusttavo Lima é detento

Homem recusou ajuda do cantor por medo da Justiça

Gabriela Doria - 06/07/2020 22h02 | atualizado em 07/07/2020 07h47

Gusttavo Lima atropelou homem que condenado por homicídio Foto: Reprodução

O homem atropelado pelo cantor Gusttavo Lima, neste domingo (5), recusou o atendimento médico oferecido pelo cantor porque estava com medo da Justiça. Isto porque Renato Rodrigues Borges, de 30 anos, está cumprindo pena no regime semiaberto por homicídio e receptação e não deveria estar na rua, segundo a lei.

A informação foi descoberta por um dos seguranças do sertanejo, que desconfiou da atitude do rapaz. Borges foi condenado em 2018 pelo Tribunal de Justiça do Estado de Goiás e estava com receio de ter que voltar ao regime fechado.

Mesmo informado de que precisaria ser levado para um hospital, ele recusou prontamente o atendimento médico. Depois de algum tempo, ele aceitou ser levado para o Hospital Municipal de Bela Vista de Goiás, onde tratou de ferimentos leves na perna.

Gusttavo Lima insistiu para que Renato fosse levado a um hospital particular em Goiânia, mas o ciclista apenas fez exames no SUS e recebeu alta. Ainda assim, o sertanejo disse querer “que ele tenha o melhor tratamento” independente do seu histórico.

Leia também1 Gusttavo Lima socorre ciclista após se envolver em acidente
2 Gusttavo Lima faz festa junina no aniversário do filho
3 Gusttavo Lima compra iate de luxo de Roberto Carlos. Fotos!
4 Gusttavo Lima não terá que pagar indenização milionária
5 Avião com Gusttavo Lima e Leonardo faz pouso forçado

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo