Leia também:
X Perseguição policial termina com 9 PMs feridos em acidente

Castro diz que apoiar a Copa América é ‘questão de coerência’

"Não está proibido futebol aqui", disse o governador

Monique Mello - 13/06/2021 16h52 | atualizado em 13/06/2021 16h56

Governador recém empossado do Rio de Janeiro, Cláudio Castro Foto: Rogério Santana/Governo do Rio de Janeiro

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), saiu em defesa da realização da Copa América no Brasil. O Rio sediará, dentre outras partidas, a grande final no dia 10 de julho, no estádio do Maracanã.

Castro argumenta que o estado, cujas fronteiras estão abertas, já tem sido palco de outros eventos esportivos.

– As fronteiras do Brasil e do Rio de Janeiro estão abertas. Não há impedimento de ninguém entrar aqui. E os campeonatos de futebol estão liberados, desde que sigam os protocolos. No Rio, tivemos seis jogos da Libertadores, com delegações de fora. Tivemos o campeonato brasileiro, Copa do Brasil e o campeonato estadual – disse em entrevista ao Metrópoles.

Com isso, o governador enfatiza que a liberação da Copa América no Brasil não é um fato extraordinário.

– Não está proibido futebol aqui. Não há nenhuma liberação extra – afirmou.

Leia também1 "Não tem desculpa agora", diz Tite na véspera da Copa América
2 Jogadores da Bolívia também testam positivo para Covid-19
3 Antes de a bola rolar, Casemiro reforça: 'Não estamos contentes'
4 Olimpíada assusta cidadãos de Tóquio após aumento de mortes
5 Miliciano Ecko é 'homenageado' com queima de fogos em enterro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.