Bolsonaro lamenta morte de Ricardo Boechat e de piloto

Jornalista estava em helicóptero que caiu em São Paulo

Pleno.News - 11/02/2019 14h29

Jair Bolsonaro lamenta a morte de Ricardo Boechat Foto: EFE/Sebastiao Moreira

O presidente Jair Bolsonaro utilizou suas redes sociais na tarde desta segunda-feira (11) para falar da morte de Ricardo Boechat. Em seu texto, ele disse que recebeu a notícia “com pesar” e desejou solidariedade à família do jornalista e do piloto do helicóptero.

– É com pesar que recebo a triste notícia do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, que estava no helicóptero que caiu hoje em São Paulo. Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito, bem como do piloto. Que Deus console a todos – escreveu.

O Palácio do Planalto também divulgou uma nota oficial sobre a morte do jornalista. “A Presidência da República expressa seu pesar e condolências em razão do falecimento do jornalista Ricardo Boechat, vitimado em um acidente aéreo neste dia. O país perde um dos principais profissionais da imprensa brasileira. Sentiremos a falta de seu destacado trabalho na informação da população, tendo exercido sua atividade por mais de quatro décadas com dedicação e zelo”. O texto é assinado por Jair Bolsonaro.

Boechat morreu após o helicóptero em que estava cair na Rodovia Anhanguera, em São Paulo. Ele tinha 66 anos. Além do jornalista, o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo do piloto da aeronave carbonizado.

Ricardo Boechat trabalhava atualmente como apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM. Ele também era colunista da revista IstoÉ.

*Atualizada às 15h15

LEIA TAMBÉM+ Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero
+ Bolsonaro diz que prioridades iniciais são saúde e habitação


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo