Leia também:
X Alerj revoga medalha Tiradentes concedida a Dr. Jairinho

Equador: Bolsonaro irá à posse do conservador Guillermo Lasso

Pelo menos outros sete chefes de Estado confirmaram presença

Pleno.News - 19/05/2021 16h58 | atualizado em 19/05/2021 17h48

Presidente Jair Bolsonaro irá à posse do presidente do Equador Foto: PR/Marcos Corrêa

O presidente Jair Bolsonaro estará junto a pelos outros sete chefes de Estado e sete ministros das Relações Exteriores na cerimônia de posse de Guillermo Lasso como presidente do Equador, de acordo com uma lista oficial de protocolo à qual a Agência Efe teve acesso nesta quarta-feira (19).

Além de Bolsonaro, a cerimônia marcada para a próxima segunda-feira (24) contará com a presença dos presidentes do Chile, Sebastián Piñera; da Colômbia, Iván Duque; do Haiti, Jovenel Moise; da República Dominicana, Luis Abinader; de Honduras, Juan Orlando Hernández; e do Uruguai, Luis Lacalle Pou.

Fontes diplomáticas em Quito confirmaram também a participação do rei da Espanha, Felipe VI, que chegará domingo (23) ao Equador acompanhado da ministra das Relações Exteriores, Arancha González Laya, e permanecerá no país por cerca de 24 horas.

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, também pretende assistir à posse. Mas, no seu caso, não há confirmação definitiva, de acordo com a última atualização da lista oficial.

Além disso, estarão presentes os ministros de Relações Exteriores da Costa Rica (Rodolfo Solano), do Uruguai (Francisco Bustillo), da Bolívia (Rogelio Mayta), do Panamá (Erika Mouynes), da Nicarágua (Denis Moncada), da Argentina (Felipe Carlos Solá) e da Guatemala (Pedro Brolo Vila).

Lasso assumirá a presidência em uma cerimônia na Assembleia Nacional em que receberá a faixa presidencial de Lenín Moreno, que ocupa o cargo interinamente há quatro anos.

O político de centro-direita venceu as eleições do último dia 11 de abril após derrotar o candidato apoiado pelo ex-presidente Rafael Correa, Andrés Arauz.

*Com informações da agência EFE

Leia também1 Biden fará deportação em massa de brasileiros
2 Harry diz que Primeira Emenda dos EUA é 'maluca' e é rechaçado
3 'Problema dos direitos humanos foi desaparecendo na Venezuela'
4 EUA defendem diplomacia para acabar com violência em Gaza
5 Israel-Palestina: EUA opõem-se a texto de Conselho da ONU

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.