Bolsonaro indicará ministro para ir à posse de Fernández

Informação divulgada pelo Planalto nega que Mourão iria à cerimônia

Pleno.News - 06/11/2019 13h53

Posse de Alberto Fernández será em dezembro Foto: EFE/Enrique Garcia Medina

Decidido a não comparecer à posse do novo presidente argentino, Alberto Fernández, o presidente Jair Bolsonaro escolherá um ministro na cerimônia marcada para o dia 10 de dezembro. A informação foi confirmada pelo Planalto e a escolha deve acontecer após o recebimento oficial do convite.

A notícia vai contra o que foi publicado pelo jornal argentino El Clarín. Nesta terça-feira (5), o veículo disse que o vice-presidente Hamilton Mourão é quem iria à posse de Fernández. De acordo com a matéria do El Clarín, assessores do argentino disseram que receberam um telefonema de auxiliares do presidente Jair Bolsonaro informando da ida de Mourão para a cerimônia.

Bolsonaro era favorável à reeleição do atual presidente argentino, Maurício Macri. Diante da vitória de Fernández, ele lamentou o resultado e se recusou a cumprimentá-lo.

LEIA TAMBÉM+ Senador do PT vira piada ao fazer enquete sobre Bolsonaro
+ Filhos de R. R. Soares podem assumir Secretaria de Cultura
+ Apoiadora de Eduardo, Major Fabiana será vice-líder do PSL


Clique para receber notícias
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo