Leia também:
X Petrobras: MP quer investigar nomeação de Paes de Andrade

Âncora da Fox News: Brasil é mais importante para EUA que guerra na Ucrânia

Tucker Carlson disse que economia brasileira é a única pró-EUA da América do Sul

Pleno.News - 29/06/2022 16h31 | atualizado em 29/06/2022 16h54

Tucker Carlson Foto: Reprodução / Youtube

Durante sua passagem pelo Rio de Janeiro, o jornalista Tucker Carlson, apresentador da Fox News, defendeu a importância que o Brasil possui para os Estados Unidos e criticou o Departamento de Estado norte-americano por ser, segundo ele, “hostil” para com o presidente Jair Bolsonaro (PL). Segundo o âncora, o futuro brasileiro é mais importante a curto prazo para os EUA que a guerra entre Ucrânia e Rússia, no leste europeu.

– Enquanto os Estados Unidos, sob a administração de Biden, se concentram num conflito na Europa Oriental, que é materialmente irrelevante aos nossos interesses, a América Latina está se despedaçando, pelo menos pela perspectiva de um norte-americano – iniciou Carlson.

O comunicador apontou que, em razão do resultado das eleições recentes da América do Sul, o Brasil é atualmente a única economia com alinhamento pró-EUA neste hemisfério. Ele ainda mencionou que o pré-candidato a Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), é abertamente a favor da China, maior adversária da nação liderada por Biden.

– O Chile está em rápido declínio e é antiEUA. Isso deixa o Brasil como a única economia desse hemisfério pró-EUA. O Brasil tem a nona maior economia do mundo e tem uma das reservas naturais mais valiosas do planeta. Então, se você se importa com o futuro dos Estados Unidos, você tem de se importar profundamente com o futuro do Brasil (…). As eleições que virão agora neste país [Brasil] têm graves consequências para os EUA. O outro candidato é abertamente pró-China, o maior adversário dos EUA – frisou.

Na ocasião das falas, Carlson gravava para seu programa, Tucker Carlson Tonight, diretamente do Rio de Janeiro. Na edição, ele entrevistou o assessor para Assuntos Internacionais da Presidência da República, Filipe Martins.

Durante a conversa, Filipe revelou que, quando Bolsonaro esteve com Biden em reunião bilateral no início do dia 9 junho, o presidente brasileiro lembrou o estadunidense dos posicionamentos de Lula e da corrupção na era petista.

– Quando o presidente Bolsonaro pôde se sentar com o presidente Biden, ele lembrou Biden quem Lula da Silva é, e a quantidade de corrupção e escândalos que tínhamos aqui no Brasil – relatou.

Leia também1 Principal âncora da Fox News está no Brasil e ouvirá Bolsonaro
2 Bolsonaro recebe âncora da Fox News no Palácio da Alvorada
3 Temer e Alckmin discutiram a reforma trabalhista em reunião
4 Randolfe quer Guimarães no Senado por acusações de assédio
5 Nova PEC limita poderes de ministros do STF

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.