Leia também:
X Governo federal restringe exportação de seringas e agulhas

Ana Paula Henkel se emociona ao relembrar que não fez aborto

Ex-atleta compartilhou testemunho num especial do Brasil Paralelo

Monique Mello - 03/01/2021 20h30 | atualizado em 04/01/2021 11h43

Ana Paula Henkel Foto: Reprodução

O canal Brasil Paralelo realizou um Especial de Natal no YouTube, dividido em três episódios. Estavam presente vários pensadores e comentaristas políticos. Sob o comando do jornalista Luís Ernesto Lacombe, o painel do segundo episódio teve como o tema o sucesso e as frustrações na vida.

Ana Paula Henkel, ex-jogadora de volei e influenciadora política conservadora, participou da conversa. Ao receber a oportunidade de falar sobre o tema, Ana Paula abriu citando o psicanalista Jordan Peterson: “Life is suffering” (a vida é sofrimento).

A ex-atleta discorreu sobre como as derrotas também são importantes para forjar o ser humano. O assunto a levou a compartilhar um episódio em sua vida. No ano 2000, no auge de sua carreira e às vésperas da terceira olimpíada, ela engravidou.

Nesse momento do relato, Ana Paula se emociona ao lembrar que, mesmo uma gravidez estando fora de cogitação naquela fase profissional, seu pai a encorajou a prosseguir com a gestação.

– A vida está batendo à porta da minha casa, e eu vou abrir. Não importa a condição – disse seu pai.

Hoje, o filho da ex-jogadora está com 19 anos.

– A minha melhor medalha e maior conquista é meu filho – contou ela emocionada.

Seguidores comentaram que esse foi o momento mais emocionante do especial.

Leia também1 Feliciano 'detona' o papa por não comentar o aborto na Argentina
2 Noblat faz enquete sobre aborto, mas 73% se manifestam contra
3 Depois da Argentina, Coreia do Sul libera prática de aborto
4 Presidente do México defende consulta popular sobre o aborto
5 Eduardo Bolsonaro denuncia "militância" da imprensa brasileira

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.