Leia também:
X Pr. Silas Malafaia aponta Moraes como ‘ditador-mor da toga’

Alvo de Moraes, Zé Trovão desafia STF: ‘Não tenho medo’

Ele foi um dos alvos dos mandados de busca e apreensão ordenados por Alexandre de Moraes

Pleno.News - 20/08/2021 17h42 | atualizado em 21/08/2021 16h10

Caminhoneiro Zé Trovão disse não se intimidar com ações do STF Foto: Reprodução

Alvo de um mandado de busca e apreensão pela Polícia Federal, após decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, o caminhoneiro conhecido como Zé Trovão declarou nas redes sociais, em uma live, que “não tem medo” das decisões do STF.

Marco Antônio Pereira Gomes, nome de Zé Trovão, também convocou apoiadores do presidente Jair Bolsonaro a comparecerem às ruas no dia 7 de setembro, mesmo que ele e outros investigados sejam presos.

– Apreenderam meu telefone, e eu agora estou aqui, com esse telefone emprestado. Eu digo para vocês: vamos para a luta. Dia 7 de setembro. Não desistam desse movimento porque esse movimento vai salvar o país. Eu não estou de cabeça baixa. Eu não tenho medo. Eu sei muito bem dos riscos que eu estou correndo – disse o caminhoneiro em live, ao lado do também caminhoneiro Turíbio Torres, outro alvo da investigação.

Zé Trovão disse ainda que a previsão é de “dois milhões de acampados” em Brasília.

– Nós não vamos baixar a cabeça. Sete de setembro [está] cada dia maior. Vamos colocar dois milhões acampados em Brasília. […] Se eu ficar preso hoje, não me importa. Se o Turíbio ficar preso hoje, não se importe. Lutem por nós. Se nós estivermos presos, lutem por nós no dia 7 de setembro – convocou.

Além de Zé Trovão e de Turíbio, o cantor Sérgio Reis, o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) e outros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro foram alvos de mandados de busca e apreensão, nesta sexta-feira (20), por ordem do ministro Alexandre de Moraes, que é relator do inquérito das Fake News.

Na ação, Moraes argumentou que os investigados são suspeitos de organizarem uma manifestação no Dia da Independência, com o intuito de atacar as instituições.

Leia também1 Bolsonaro cogita "desobedecer" decisões do STF, diz colunista
2 Otoni de Paula: 'Apontam nos aliados para atingir o capitão'
3 Jair Bolsonaro: Ações do STF violam "liberdades individuais"
4 Alexandre Garcia diz que Sérgio Reis "embarcou em uma ficção"
5 'Tratar Sérgio Reis como ameaça, compromete a cultura nacional'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.