Leia também:
X Homem filmou ônibus de Conrado e Aleksandro em alta velocidade

Allan dos Santos retorna para o YouTube: “Calar não é opção”

Jornalista criou novo canal, mantendo o nome Terça Livre

Monique Mello - 09/05/2022 13h41 | atualizado em 09/05/2022 13h56

Allan dos Santos Foto: Reprodução/YouTube Terça Livre

Allan dos Santos acaba de estrear um novo canal no YouTube. O primeiro vídeo, com o título Calar não é uma opção, foi publicado na tarde deste domingo (8). O canal é novo, mas o nome é antigo: o jornalista manteve o Terça Livre.

Allan vive nos Estados Unidos desde agosto de 2020 e teve prisão determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, em outubro de 2021. Ele é acusado pela Polícia Federal de “atacar integrantes de instituições públicas, desacreditar o processo eleitoral brasileiro, reforçar o discurso de polarização”.

– Em junho, completará dois anos que eu não vejo minha família. Há dois anos, a Polícia Federal invadiu minha casa quando meu filho, Pedro, estava na barriga da minha esposa, no quarto mês. Um dia das mães é sempre um dia muito difícil, mas nesses dias é importante você tomar uma atitude – disse Allan no vídeo deste domingo.

Na última quinta-feira (5), o ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu um julgamento na Corte sobre o pedido de prisão contra o jornalista. O caso em questão trata de um pedido de habeas corpus apresentado pela defesa de Allan para suspender o pedido de prisão. Nunes Marques pediu mais tempo para analisar o caso, que era julgado no plenário virtual da Corte.

– Não há democracia onde há presos políticos. Não há democracia onde o jornalismo não é livre. Conto com o seu apoio para fazer crescer novamente tudo aquilo que um dia me roubaram – declarou o jornalista em seu novo canal.

Leia também1 Moraes nega pedido de Randolfe em caso sobre Allan dos Santos
2 Moraes determina que Anatel derrube site de Allan dos Santos
3 Silveira tem mais R$ 103,4 mil bloqueados pelo Bradesco
4 Moraes suspende decreto de Bolsonaro sobre corte de IPI
5 Ministros do STF estariam insatisfeitos com Moraes, diz jornal

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.