Leia também:
X Tarcísio pode escolher vereadora cristã para Secretaria da Mulher

Alckmin revela que governo Lula dará prioridade para vacinas

Grupo da Saúde do novo governo se reuniu com médicos no Hospital Sírio-Libanês neste domingo

Leiliane Lopes - 04/12/2022 21h59 | atualizado em 05/12/2022 11h32

Alckmin em coletiva de imprensa ao lado de médicos no Hospital Sírio-Libanês Foto: João Risi/Equipe de transição

Neste domingo (4), o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) esteve em São Paulo para participar de uma reunião com médicos no Hospital Sírio-Libanês acompanhado de integrantes do grupo da Saúde.
Após o encontro, o coordenador da equipe de transição adiantou aos jornalistas que a vacinação será prioridade para o governo Lula.

– Chegamos à conclusão que a atitude mais imediata que o novo governo deve tomar nos primeiros dias é imunização, é vacina – disse o ex-governador de São Paulo que é médico por formação.

Os números de vacinação têm caído no Brasil nos últimos anos, a equipe de transição já havia revelado que os números são preocupantes principalmente nas vacinas obrigatórias para crianças.

Alckmin revelou também que a vacinação contra Covid-19 que já está disponível para crianças acima de seis meses também tem enfrentado a falta de adesão.

Segundo ele, apenas 12% das crianças entre 6 meses e 3 anos já foram imunizadas.

Outros pontos do encontro foram as discussões sobre a compra de vacinas, investimento em saúde digital e outros. A falta de verbas para a Saúde também foi discutida pelo vice-presidente que revelou uma necessidade de R$ 20 bilhões a mais do que está previsto para a área no orçamento de 2023.

Leia também1 Tarcísio pode escolher vereadora cristã para Secretaria da Mulher
2 Alckmin se reúne com médicos no Sírio-Libanês neste domingo
3 PGR rejeita pedido para multar manifestantes e apreender bens
4 Lula desiste de encontrar com os governadores antes da posse
5 25% dos jovens entre 15 e 29 anos não estudam, nem trabalham

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.