Leia também:
X Daniel Silveira usa derrubada da LSN para pedir absolvição ao STF

Advogados conservadores lutam para barrar passaporte sanitário

Grupo entrou com ação na Justiça

Pleno.News - 03/11/2021 22h02 | atualizado em 04/11/2021 10h12

Comprovante de vacinação passou a ser exigidos em diversos estabelecimentos Foto: Agência Brasil/Tânia Rêgo

A Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil (OACB) entrou com uma ação na Justiça para barrar a adoção do passaporte sanitário no país. O documento agora aguarda a apreciação da Justiça Federal.

Entre os argumentos utilizados, o grupo afirma que se trata de “direta agressão a direitos humanos fundamentais”. A OACB também anexou estudos e relatórios acerca da segurança e eficácia das vacinas.

Os advogados ainda apontam o que chamaram de “erro grosseiro” de gestores municipais e estaduais ao impor a vacinação via decreto: “É inconcebível”, avaliaram.

AÇÃO JUDICIAL CONTRA O PASSAPORTE SANITÁRIO EM TODO BRASIL
A ação judicial, de logo, pede que a demanda seja analisada pela justiça federal, uma vez que se trata de direta agressão a direitos humanos fundamentais (vida e liberdade), por isso o Art. 109 CF determina a competência da justiça federal.

Discorremos sobre a fase, ainda experimental da vacina, com dados técnicos e científicos, vídeo e áudios já inseridos na petição inicial, de autoria de cientistas com formação na área e com experiência no combate ao COVID-19 dentro e fora do Brasil.

Foi trazido estudos sobre cada uma das vacinas, seus compostos e efeitos adversos.

Foi efetivada, inclusive, a análise das decisões do STF sobre o tema, restando contrariada a Lei Federal nº 13.979/20 e, também, a decisão do supremo tribunal federal (ADI 6586 e 6625).

Por fim, há estudos sobre o tratamento precoce.

Foi demonstrada a atecnia e o erro grosseiro em que prefeitos e governadores, estão impondo vacinação por decreto, o que é inconcebível.

Leia também1 Onyx se irrita com âncora da CNN: 'Tô defendendo emprego, e você, demissão'
2 Diretores da Anvisa são alvos de nova ameaça de morte
3 Pfizer recruta brasileiros para testar antiviral contra a Covid
4 Rede quer 'liberar' empresas a demitir quem não se vacinou
5 Doria 'pressionará' Anvisa para vacinar crianças de 5 a 11 anos

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.