Leia também:
X Ficha de assassino de PM da Casa & Video vai de homicídio a roubo

Absolvido de racismo contra Maju quer que Globo noticie decisão

Ele ainda pede que indenização de R$ 800 mil por danos morais

Gabriela Doria - 07/12/2020 11h42 | atualizado em 07/12/2020 12h49

Homem absolvido de racismo contra Maju briga na Justiça para que Globo divulgue sentença Foto: Reprodução

Após ser absolvido da acusação de racismo contra a apresentadora Maria Júlia Coutinho, episódio que aconteceu em 2015, Kaíque Batista agora trava na Justiça uma batalha para exigir que a Rede Globo noticie o veredito em seus telejornais.

O rapaz de 26 anos também quer uma indenização de R$ 800 mil por danos morais, segundo o site NaTelinha.

O advogado de Kaíque, Angelo Carbone, alega que as acusações fizeram seu cliente perder o emprego e o impediram de reconstruir sua imagem até hoje.

Carbone defende ainda que, na ocasião dos ataques, a TV Globo acompanhou a busca e apreensão na casa de seu cliente e que, por isso, tem o dever de prosseguir com a cobertura, revelando o desfecho das acusações.

– Temos um jovem com problemas de depressão, que merece desde logo esse direito – afirmou.

ATAQUES RACISTAS
Em julho de 2015, quando ainda apresentava a previsão do tempo, Maju Coutinho sofreu ataques racistas no Facebook. Na ocasião, o Ministério Público abriu investigações e quatro grupos foram suspeitos de proferir as ofensas.

Uma das pessoas identificadas foi Kaíque Batista, que chegou a ser alvo de um mandado de busca e apreensão em sua casa – ação que foi registrada e veiculada pela TV Globo. Em depoimento, Kaíque afirmou que era apenas o dono dá pagina em que as ofensas foram feitas e que não tinha publicado nenhuma ofensa contra Maju.

– Não vou segurar o rojão de ninguém – disse ele em entrevista à emissora na época.

Ao fim das investigações, o MP denunciou quatro pessoas. Duas foram condenadas e outras duas absolvidas, entre elas Kaíque. Por falta de provas, o auxiliar de produção foi liberado do processo criminal, em março deste ano, quando iniciou uma briga na Justiça contra a Globo e Maju Coutinho pedindo reparação pelos danos.

Leia também1 Repórter se emociona ao vivo ao noticiar morte de meninas no RJ
2 Após serem intimados, Bonner e Renata entram de férias do JN
3 Fisco aplica multas milionárias contra 12 artistas da Globo
4 Danilo Gentili critica "silêncio da esquerda" sobre Dani Calabresa
5 Prefeita eleita em Bauru é alvo de ataques por ser evangélica

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.