Leia também:
X Rússia sedia competição de tapas mais fortes na cara

Turista é detido em aeroporto com orangotango na mala

Animal estava em boa condição, mas estressado

Jade Nunes - 25/03/2019 08h52 | atualizado em 25/03/2019 13h29

Orangotango estava escondido em mala (Imagem ilustrativa) Foto: Pixabay

Um turista russo foi detido pelas autoridades de Bali, na Indonésia, quando tentava embarcar com um filhote de orangotango sedado escondido em sua bagagem, informaram nesta segunda-feira (25) as autoridades locais.

O orangotango macho, de cerca de 2 anos, foi confiscado na madrugada de sexta-feira quando o suspeito tentava embarcar em um voo com destino à Rússia, indicou em entrevista coletiva a polícia e Agência de Conservação de Recursos Naturais (BKSDA, sigla em indonésio) na capital provincial, Denpasar.

– A condição do orangotango é boa, mas está estressado, já que lhe trataram mal e o sedaram – explicou à Agência Efe em conversa telefônica o chefe da BKSDA em Bali, Budhi Kurniawan.

Junto ao orangotango, uma espécie que, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza, está gravemente ameaçada, a polícia encontrou também dois gekkos (um gênero de réptil) e outros cinco lagartos.

A polícia afirmou que o orangotango se recupera no zoológico Bali Safári e afirmou que o detido poderá ser condenado a até 5 anos de prisão e ao pagamento de uma multa de 100 milhões de rupias (cerca de 7 mil dólares) por contrabando de espécie protegida.

O suspeito alegou, quando foi detido, que outra pessoa de nacionalidade russa, que já deixou a Indonésia, tinha lhe entregado o primata após comprá-lo em um mercado do centro da ilha de Java por 3 mil dólares (R$ 11 mil).

Budhi afirmou que a sua agência investiga o DNA do animal, que habita só as ilhas de Sumatra e Bornéu, para determinar qual é seu local de origem antes de tomar uma decisão sobre sua realocação.

Em 13 de março, uma fêmea de orangotango adulta foi encontrada com 74 disparos de balas de chumbo no corpo junto com seu filhote, que morreu horas depois em consequência de desnutrição, na província de Aceh, no oeste de Sumatra.

Sobre os orangotangos pesam as ameaças da caça ilegal, os ataques dos agricultores para proteger os seus cultivos e a fragmentação de seu habitat por causa da expansão agrícola, sobretudo do óleo de palma e de outras indústrias e infraestruturas.

O governo indonésio calcula em 71.640 orangotangos nas ilhas de Sumatra e de Bornéu, que a Indonésia compartilha com a Malásia e Brunei, embora a população desta espécie esteja em declive, segundo um relatório governamental publicado em 2017.

*Com informações da Agência EFE

Leia também1 Rússia sedia competição de tapas mais fortes na cara
2 Conheça a macaca maromba que gosta de se exibir
3 Incrível: Celular salva homem de ser atingido por flecha

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.